Huffpost Brazil

Quase um mês após renúncia, Cunha entrega as chaves da residência oficial

Publicado: Atualizado:
EDUARDO CUNHA
Marcelo Camargo / Agência Brasil
Imprimir

Longe do cargo de presidente da Câmara dos Deputados desde 7 de julho, quando renunciou ao posto, o deputado afastado, Eduardo Cunha, deixou a residência oficial.

As chaves do imóvel foram entregues à Bernadette Maria França Amaral Soares, administradora da residência, nesta segunda-feira (01). Ele se mudou para um apartamento funcional em Brasília, do mesmo tipo que outros parlamentares têm direito.

A estimativa é que, no comando da Casa, o deputado custava cerca de R$ 500,00 por mês para os cofres públicos.

Na última quarta-feira, o peemedebista fez um churrasco para cerca de 50 funcionários. Participaram seguranças, assessores, policiais legislativos e funcionários da casa, além da esposa do parlamentar, a jornalista Cláudia Cruz. O almoço foi animado com música ao vivo.

Cunha tinha até o próximo dia 6 para deixar a residência oficial.

Ele renunciou ao comando da Casa dois meses após ter sido afastado do cargo e do mandato pelo Supremo Tribunal Federal (STF). A previsão é que o plenário da Câmara julgue até a próxima semana a cassação do mandato.

Réu por corrupção e lavagem de dinheiro no âmbito da Lava Jato, Cunha pode perder os direitos políticos por mentir à CPI da Petrobras ao negar ter contas no exterior. As contas foram abastecidas com dinheiro desviado da Petrobras, de acordo com as investigações do Ministério Público Federal.

LEIA TAMBÉM

- Já vai tarde: Cunha faz churrascão de despedida na residência da presidência da Câmara

- Prenderam o Eduardo errado hoje: Por que Suplicy e não Cunha?

- Afastado, Cunha viaja 13 vezes de FAB em 2 meses. Custo equivale a R$ 569 mil

Também no HuffPost Brasil:

Close
Hotéis de luxo frequentados por Cunha e família
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção