Huffpost Brazil

Chico Buarque, Elza Soares, MC Bin Laden e mais! New York Times lista 'o essencial da música brasileira'

Publicado: Atualizado:
CHICO
Montagem/Getty Imagens/Facebook
Imprimir

Em clima de Jogos Olímpicos no Brasil, o jornal The New York Times juntou seu time de críticos para apresentar aos leitores o melhor da música brasileira.

O resultado da empreitada é a lista O Essencial da Música Brasileira Para Ouvir na Olimpíada. Nela estão 30 artistas marcantes na história da música nacional de gêneros e épocas distintas.

A ideia da lista é tentar traduzir a diversidade de ritmos do Brasil, de 1928 até 2016.

Um dos trechos do artigo esclarece:

“É um grande momento para descobrir o quão longe e profundo a música brasileira vai, além do estereótipo dos extravagantes desfiles de carnaval e bossa nova suave para curtir na praia (...) Os músicos brasileiros incorporaram jazz, rock, reggae, metal, hip-hop, música eletrônica e mais; eles também escrevem letras pop com poesias complexas. Visitantes do Rio – fisica ou virtualmente – podem saborear uma das culturas musicais mais criativas e diversas do mundo.”

A lista é realmente bem diversificada. Traz desde medalhões da MPB, como Chico Buarque, Milton Nascimento, Caetano Veloso e Maria Bethânia até fenômenos do funk paulista (ainda vistos com preconceito por parte dos brasileiros), incluindo MC Bin Laden e MC Pikachu.

Junto com cada artista indicado está um texto de apresentação que contextualiza sua importância para a cena brasileira. MC Bin Laden é apontado como o representante de um cena funk mais "urgente, rápida e implacável".

Seu hit Bololo Haha, de 2014, é descrito como:

"Uma esquelética meditação repleta de tiros, barulhos de motores de motocicleta, sirenes de ambulâncias e o latido rouco de uma das estrelas atuais da cena."

Mas como toda compilação que pretende mostrar o “essencial” de um tema, a lista do The New York Times pode gerar polêmica para os amantes da música brasileira, uma vez que deixa de fora outros grandes nomes da música amados pelos brasileiros como, por exemplo, Tim Maia, Elis Regina e Gal Costa.

Veja a lista de artistas e músicas, em ordem cronológica, indicados pelo The New York Times.

Pixinguinha - Carinhoso (1928)
Noel Rosa - São Coisas Nossas (1932)
Carmen Miranda - O Que é Que a Baiana Tem (1939)
Luiz Gonzaga - Asa Branca (1947)
João Gilberto - Chega de Saudade (1958)
Dorival Caymmi - O Mar (1959)
Antônio Carlos Jobim - A Felicidade (1959)
Maysa - O Barquinho (1961)
Moacir Santos - Coisa Nº 5 (Nanã) (1965)
Caetano Veloso - Tropicália (1968)
Chico Buarque - Construção (1971)
Gilberto Gil - Expresso 222 (1972)
Antônio Carlos Jobim - Matita Perê (1973)
Cartola - O Mundo é um Moinho (1976)
Jorge Ben - Xica da Silva (1976)
Hermeto Pascoal - Slaves Mass (Missa dos Escravos) - (1977)
Milton Nascimento - Maria Maria (1978)
Maria Bethânia - Mel - 1979
Gonzaguinha - O Que é, O Que é (1982)
Chico Science - Maracatu Atômico (1994)
Sepultura - Roots Bloody Roots (1996)
De Falla - Popozuda Rock'n'Roll (2000)
Deize Tigrona - Injeção - 2004
Marisa Monte - Infinito Particular (2006)
Carlinhos Brown - Magalenha (2012)
MC Bin Laden - Bololo Haha (2014)
MC Pikachu - Choque (Semana Maluca) (2014)
Elza Soares - A Mulher do Fim do Mundo (2015)
Ava Rocha - Boca do Céu (2015)
Trio da Paz - Sampa 67 (2016)

LEIA MAIS:

- 7 provas de que o novo clipe de 'Tá Tranquilo, Tá Favorável' é uma obra de arte dadaísta

- Elza Soares fala sobre feminismo, o amor por Garrincha e como cantar ainda é 'remédio bom'

TAMBÉM NO HUFFPOST BRASIL:

Close
22 filmes que contam a história de astros da música
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção