Huffpost Brazil

Chorar bastante pode fazer bem

Publicado: Atualizado:
Imprimir

woman crying

Quer seja com fotos do bebê recém-nascido do seu melhor amigo ou uma canção da Adele que te deixou arrasado, às vezes chorar é tudo o que precisamos para nos sentir bem.

E existe um bom motivo para isso.

"Chorar pode nos fazer muito bem. O choro oferece uma saída para a emoção e nos ajuda a comunicar nossos sentimentos e emoções", disse Aliza Werner-Seidler, pesquisadora e psicóloga clínica no Instituto Black Dog ao The Huffington Post Austrália.

Os especialistas concordam que chorar é crítico na hora de resolver problemas, no reconhecimento da emoção e como extensão disso, e no nosso bem-estar no geral.

"A pesquisa nos mostra que as pessoas têm maior predisposição a oferecerem apoio a quem está chorando visivelmente em comparação a quem não está", disse Werner-Seidler.

Além disso indivíduos que não conseguem chorar devido a uma doença sentem mais dificuldade ao identificar seus próprios sentimentos em comparação aos que choram.

Embora os bebês usem o choro como forma de comunicação primária, para os adultos trata-se de expressar e processar nossas emoções.

Por que as mulheres choram mais do que os homens?

Uma pesquisa importante conduzida nos anos 80 apontou que as mulheres choram umas cinco vezes ao mês enquanto os homens, em média, uma vez ao mês.

Esses números ainda são verdadeiros de acordo com algumas pesquisas recentes feitas por líderes da área em 2011 (Lauren Blysma, Journal of Research in Personality, 2011).

"Existem várias razões para isso, inclusive o fato que biologicamente, ter mais testosterona pode inibir o choro nos homens, enquanto as mulheres produzem mais prolactina, o que pode aumentar a propensão ao choro.

"Dito isso, existem outros fatores culturais e significantes que estão associados e provavelmente também contam na diferença entre os gêneros", disse Werner-Seidler.

"Sabemos que quando os indivíduos sentem intensa emoção, mas não a expressam, isso pode gerar consequências negativas", disse Werner-Seidler.

Essas consequências incluem expressões indesejadas de emoções guardadas mais tarde, em uma hora menos apropriada.

"Segurar uma forte emoção pode ser como uma panela de pressão –- uma hora explode", disse Werner-Seidler.

Quando o choro sinaliza a emoção pode ser útil e terapêutico, desde que receba apoio e ajuda para o problema a ser resolvido e que levou a pessoa a chorar.

Quando os portões do choro eventualmente se abrem, explica Werner-Seidler, se um choro for catártico ou não depende do motivo para o choro, para início de conversa, assim como o nível de apoio que está disponível para a pessoa.

"Quando o choro sinaliza a emoção pode ser útil e terapêutico, desde que receba apoio e ajuda para o problema a ser resolvido e que levou a pessoa a chorar", disse Werner-Seidler.

Por outro lado, chorar em situações em que alguém está provavelmente se sentindo envergonhado por causa do choro pode deixar o indivíduo se sentindo pior, disse Werner-Seidler.

Além do mais, a pesquisa mostra que chorar pode ter um efeito negativo no seu humor se você está com pessoas que não lhe apoiam ou se você chorou porque viu algum sofrimento.

A conclusão?

Somos humanos, não robôs. Chorar faz parte da experiência humana e as lágrimas podem ser tanto de alegria e felicidade como de sentimento de estar sobrecarregado, triste ou sofrendo. E ter certeza que você terá o apoio certo nos tempos de adversidade fará toda a diferença.

(Tradução: Simone Palma)

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.

Viver bem é o tipo de desejo tão universal que se tornou um direito. Mas não há fórmula ou mágica que o garanta, o que deixa, para cada um de nós, a difícil tarefa de descobrir e pavimentar o próprio caminho. A newsletter de Equilíbrio vai trazer a você textos e entrevistas sobre saúde mental, angústias, contradições e alegrias da vida. Assine aqui para receber novidades no fim de semana.

LEIA MAIS:

- Chorar em filmes traz felicidade, sugere estudo

- Quando termina a tristeza e começa a depressão?

- Âncora da CNN Anderson Cooper chora ao ler os nomes de vítimas do massacre em Orlando

TAMBÉM NO HUFFPOST BRASIL:

Close
Cartões para lidar com o luto
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção