Huffpost Brazil

ÍDOLO! Após ser eliminado, Djokovic chora na quadra e é ovacionado por torcida

Publicado: Atualizado:
DJOKOVIC
Toby Melville / Reuters
Imprimir

O tenista número um do mundo, o sérvio Novak Djokovic, foi eliminado na primeira rodada do torneio de tênis dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro neste domingo pelo argentino Juan Martin Del Potro, que também o havia derrotado na disputa pela medalha de bronze em Londres 2012.

Del Potro, ex-campeão do Aberto dos Estados Unidos e que atualmente é 145º no ranking mundial depois de uma série de lesões nos últimos anos, surpreendeu o sérvio com uma performance potente, vencendo por 7-6(4) e 7-6(2) na maior zebra do torneio olímpico de tênis.

Nascido na Sérvia, Djoko estava em casa. Ovacionado pela torcida, boa parte dela composta por fãs brasileiros, ele deixou a quadra às lágrimas, e protagonizou um momento emocionante, ao abraçar seu adversário ao fim da partida.

"Francamente, não sei como agradecer. Foi o tipo de atmosfera que experimentei poucas vezes em minha vida, a maioria quando estava em meu próprio país", disse ele à Folha de S.Paulo.

Segundo análise do Estadão, o sérvio estava "irreconhecível" durante a maior parte da partida.

"Exibindo cansaço que não costuma demonstrar, o número 1 do mundo abusou das falhas (foram 32 erros não forçados, contra 24 de Del Potro) e foi pouco efetivo nas horas decisivas - acertou 26 bolas vencedoras, diante de 41 do argentino."

Ao Globo Esporte, o sérvio disse que o jogo de ontem representou "uma das derrotas mais dolorosas da carreira" e deu um show de humildade.

"Logo depois do jogo, a emoção está ali ainda. Não foi a primeira nem a última vez que perdi, mas é uma Olimpíada, o que aumenta a dor. Delpo esteve melhor e mereceu vencer. Nos momentos decisivos, mostrou um tênis melhor, e está de parabéns. Estou desapontado por sair tão cedo do torneio, mas por outro lado estou feliz pelo Delpo, que é um grande amigo e que lutou tanto para superar lesões".

LEIA TAMBÉM:

- Yusra Mardini, a refugiada que fugiu da Síria nadando. E agora vai nadar na Rio 2016

- Mulheres na Rio 2016: futuro no esporte é 'feminino', diz vice-presidente do COI

- Daniele Hypólito recebe homenagem carinhosa do irmão após queda no solo

Também no HuffPost Brasil

Close
Moda e estilo no desfile das delegações na Rio 2016
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção