Huffpost Brazil

#ElasNaRio2016: Rebeca Andrade une ginástica artística e Beyoncé em apresentação maravilhosa na Olimpíada

Publicado: Atualizado:
REBECA ANDRADE
Mike Blake / Reuters
Imprimir

Na final da ginástica artística por equipes nesta terça-feira (9), cada país pode levar três atletas por aparelho. Mas quem roubou a cena foi a nossa Beyoncé da Arena, a Rebeca Andrade, em sua prova de solo.

A ginasta fez uma linda apresentação e levantou o público na arquibancada cheia de suingue, mas acabou se desequilibrando na última diagonal e recebeu 12,966 de nota.

Já nos saltos, a atleta triplicou de tamanho e mostrou para o que veio. Com ótima execução obteve 15,400 de nota - a mais alta do Brasil.

Independente da pontuação, Rebeca é um símbolo de resistência. Vinda de uma infância pobre em Guarulhos, quando tinha apenas 6 anos ela descobriu o esporte. Mas a pequena faltava a muitos treinos e não tinha dinheiro para investir no sonho de se tornar atleta. Foi então que seu caminho se cruzou com o da técnica Keli Kitaura e tudo mudou.

Keli fez uma proposta para Rosa, mãe de Rebeca, como conta ao Globo Esporte: "Ficaria com ela em casa nos fins de semana. Só assim saberia que ela estaria no ginásio no dia seguinte. Morou um tempo com uma tia, depois com a coordenadora de ginástica. Foi assim durante três anos."

De lá para cá a trajetória foi cheia de obstáculos, mas com muita superação. E os abraços de Keli e Rebeca ao fim de cada apresentação da ginasta deixam clara a relação de cumplicidade de ambas.

Dando prosseguimento ao sonho e com muito treinamento, Rebeca não só chegou às Olimpíadas, como também conseguiu melhorar a vida da família: "Agora posso ajudar em casa, e minha mãe não tem mais dívidas".

LEIA MAIS:

- Keli Kitaura, a treinadora que faz meninas voarem com graça rumo à realização de sonhos

- #ElasNaRio2016: Meninas do Brasil arrebentam seleção argentina por 3 sets a zero

- 'Nadar é minha vida, e a piscina é minha casa', diz Rami Anis, nadador do time dos refugiados

- Após segunda GOLEADA, meninas do handebol avisam: 'Vamos brigar de igual para igual'

Também no HuffPost Brasil

Close
Brasileiras brilham nestas modalidades olímpicas
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção