Huffpost Brazil

Vovó fitness supera depressão, má alimentação e se torna modelo de biquíni

Publicado: Atualizado:
Imprimir

Kim Wright, de 55 anos, que se tornou uma das modelos do biquíni “mais maduras” do Reino Unido, revelou que um dos seus segredos é uma dieta baseada em até 80 ovos por semana.

Wright, que já é avó, disse que a imagem que tinha de seu corpo era uma das piores depois que se separou do esposo, em 2011.

A cabeleireira, de 1,50m, estava pesando cerca de 66 quilos depois de buscar conforto em restaurantes fast food.

Mas um dia, ela se olhou no espelho e decidiu que precisava fazer algo sobre os quilos extras.

Wright reformulou drasticamente sua dieta e começou a levantar pesos de 70 kg — emagrecendo de 66 kg para 48 kg em apenas oito meses.

emagrecer

Antes de emagrecer e tonificar os músculos, Wright estava se afundando em pizzas, sanduíches, frituras e fast food.

Mas Wright, que tem três netos e mora em Epsworth, Yorkshire, no Reino Unido, trocou o “junk food” por alternativas saudáveis como frango, legumes e até 80 ovos por semana.

“[Meus hábitos] não eram nada saudáveis e foi apenas durante um feriado no ano passado que decidi que algo precisava mudar”, disse.

“Estava solteira, deprimida e senti que não tinha um propósito. Comecei a me acomodar na vida depois dos 50.”

Wright disse que ver uma foto sua na qual não se sentia bonita foi a gota d’água. Ela agora faz seis refeições ao dia, com uma mescla de proteínas e legumes.

“Vi um folheto sobre uma academia por 9 libras esterlinas [cerca de R$ 40] e pensei que aquela era minha chance”, acrescentou.

“Eu me sentia tão deslocada, mas consegui um personal trainer de graça e comecei a me exercitar e, gradualmente, o peso começou a desaparecer.”

“Em dezembro, já estava levantando peso. Era a avó da academia, levantando peso com os fisiculturistas.”

kim wright

Depois de ir religiosamente à academia, Wright foi incentivada pelas netas Melis, de 12 anos, e Sofia, de 14, a participar de uma competição de biquíni.

Ela acrescentou: “Minhas netas riram de mim no início e pensaram que eu era maluca só pelo fato de tentar, mas, quando me viram ganhando músculos, incentivaram a avó a entrar na competição”.

Apesar de ser a competidora com mais idade, com uma diferença de duas décadas das outras participantes, a avó terminou em segundo lugar na “Competição Biquíni Glifting”.

Wright disse: “Assim que entrei no meu biquíni, me senti empoderada. Pensar que eu tinha tanta vergonha do meu corpo e agora não posso esperar para subir na plataforma outra vez. Sou a prova de que ter mais de 50 não significa que você não possa vestir um biquíni e parecer fantástica.”

“As pessoas podem pensar que sou louca por começar a levantar peso com 50 anos, mas eu amo e me sinto melhor do que nunca.”

“Às vezes, recebo olhares estranhos na academia e realmente me senti constrangida na competição, mas estou provando que a idade não importa. É o quão jovem você sente por dentro que importa.”

Depois do sucesso de sua competição de biquíni, Wright diz que quer competir outra vez ainda este ano.

“Minha próxima é em setembro, na competição de biquíni UK BFF, em Birmingham”, acrescentou. “E, desta vez, estou determinada a vencer.”

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost UK e traduzido do inglês.

TAMBÉM NO HUFFPOST BRASIL:

Close
11 mulheres de meia-idade tiram a roupa para resgatar a sensualidade nos seus próprios termos
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção