Huffpost Brazil

O 'dream team' da ginástica artística é o PESADELO de Trump

Publicado: Atualizado:
USA ARTISTIC GYMNASTICS
Diversidade e representatividade importam na ginástica artística | Laurence Griffiths via Getty Images
Imprimir

Cinco mulheres. Duas negras. Uma judia e outra latina. Essa é a composição da equipe mais diversa racial e etnicamente da história da ginástica americana. Tudo o que Donald Trump odiaria ver em apenas um conjunto.

Quem são elas? As campeãs do ouro por equipe dos Estados Unidos: Simone Biles, Alexandra Raisman, Gabrielle Douglas, Madison Kocian e Laurie Hernandez.

Para além do show de técnica, força e delicadeza, as ginastas roubaram a cena por sua diversidade em um esporte que historicamente é representado por uma maioria branca e ainda tem de lidar com estereótipos na categoria.

Em 2013, o porta-voz da Federação Italiana de Ginástica, David Ciaralli, afirmou que as mulheres negras são "conhecidas por serem mais fortes" no esporte, contrastando com o estilo "mais artístico" e "elegante" das atletas brancas. Um exemplo clássico do preconceito que ainda predomina nas competições.

ginastica artistica

Muito além do mérito, o que uma foto como esta grita é que a representatividade importa sim.

A equipe olímpica foi selecionada pela coordenadora nacional Martha Karolyi que levou em consideração a combinação de habilidades das atletas que teriam a maior chance de ganhar ouros. Separamos algumas informações sobre as atletas olímpicas:

Simone Biles


Quem assistiu às apresentações da atleta de 19 anos vai concordar que ela dispensa comentários.

A "máquina de quebrar recordes", como foi apelidada, já foi comparada a Michael Jordan por sua habilidade de escapar à gravidade. Também pudera. Ela treina 32 horas por semana, e seu único dia de folga é o domingo.

A ginasta é campeã nacional pelo quarto ano consecutivo (a primeira mulher americana em 42 anos a conseguir isso) e é a primeira mulher a ser tricampeã mundial - no espaço de três anos, Biles ganhou 14 medalhas, das quais 10 foram de ouro nos campeonatos mundiais. Precisa dizer mais?

Gabby Douglas

💚

Uma foto publicada por Gabby Douglas (@gabbycvdouglas) a


A atleta de 20 anos fez história na Olimpíada de Londres, em 2012, quando se tornou a primeira ginasta negra do mundo a ganhar uma medalha de ouro no individual geral. Ela também foi a primeira atleta americana a vencer em ambas as categorias por equipe e individual. O feito é super simbólico e empoderador considerando o fato de que os EUA não tinham uma ginasta feminina afro-americana na equipe até 1980.

Laurie Hernandez

✨💜 • Matthew 5:16 Let your light shine before others, that they may see your good deeds and glorify your Father in heaven.

Uma foto publicada por Laurie Hernandez (@lauriehernandez_) em


Todos sabem que a ginástica é um esporte duro. Mas aos 16 anos, Hernandez já mostrou que dá conta do recado. Ela passou por uma grande cirurgia em 2014 em que deslocou o joelho direito e precisou fazer um implante. Mas a ginasta provou que já se recuperou - e com sucesso. Ela é a primeira latina a fazer parte da equipe olímpica dos EUA — em 32 anos.

Madison Kocian

God has blessed me with the best experiences & opportunities! ready to SHINE tonight✨💪🏼🔥 #OlympicTrials

Uma foto publicada por Madison Kocian (@madison_kocian) em


Kocian é um especialista nas barras assimétricas e é a atual campeã mundial na categoria. Por ser a única especialista no aparelho da equipe - este que é um dos mais fracos dos EUA -, sua performance foi crucial para garantir o ouro do país.

Aly Raisman

OLYMPIC TRIALS HERE WE COME!!! Rooming with @madison_kocian ❤️💋

Uma foto publicada por Alexandra Raisman (@alyraisman) em


Aos 22 anos, a judia é a mais experiente do grupo. Em 2015 ela participou de um ensaio fotográfico nu para ESPN e declarou que vive para a ginástica: "Tudo o que eu faço é pensando na performance." Não à toa ela foi apelidada da "vovó" do time devido aos seus hábitos de dormir bastante e de se alimentar de forma super-saúdavel.

LEIA MAIS:

- Estamos sem entender o quanto Simone Biles é FANTÁSTICA!

- Keli Kitaura, a treinadora que faz meninas voarem com graça rumo à realização de sonhos

- Conheça as atletas brasileiras que são destaque nas Olimpíadas 2016

Também no HuffPost Brasil

Close
Brasileiras brilham nestas modalidades olímpicas
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção