Huffpost Brazil

Goleira gorda de Angola ganha o coração dos brasileiros: 'Ahhhhhhhhh, a Bá é melhor que Neymaaaarrrr'

Publicado: Atualizado:
Imprimir

teresa almeida

1,70m de altura e 98kg. A goleira Teresa Almeida, mais conhecida como Bá, ganhou o coração dos torcedores brasileiros. É claro que a condição física incomum ao esporte fez sua parte na nova paixão brasileira.

'Ahhhhhhhhh, a Bá é melhor que Neymaaaarrrr', foi o coro dos torcedores na arena do handebol.

Até aqui, são apenas duas vitórias da seleção feminina de Angola na história das Olimpíadas. A primeira (e única até então) havia sido em Londres 2012, quando elas fizeram 31 a 25 na seleção da Grã-Bretanha. Com o apoio brasileiro, as angolanas venceram a Noruega, atual bicampeã olímpica e campeã mundial, por 31 a 28.

teresa almeida angola

"Nada é difícil. Começamos a trabalhar a bastante tempo e o treinador (Filipe de Carvalho) sempre nos disse que era só acreditar que tudo daria certo. Nós entramos um bocadinho nervosas, mas depois encaramos o jogo e vimos que estava tudo ao nosso alcance. Só temos que agradecer ao público brasileiro, nos sentimos em casa. Com muito trabalho, vamos chegar lá. Ganhar sempre é o sonho de todas nós", disse a goleira Bá, ao Globoesporte.com.

Ao Uol, a goleira lembrou que muita gente não acredita que ela possa ser goleira com seu porte físico. A solução? Trabalho sério.

"Todos dizem que sou muito fofinha. Muita gente não acredita que com o corpo que tenha possa praticar um esporte como este. Mas com trabalho tudo é possível. Quero mostrar que as gordinhas também podem se dar bem no esporte", afirmou Bá sem nenhum constrangimento", contou.

O apelido dela, aliás, tem influência brasileira: "Eu era a única menina e na época estava apresentando a novela Sinhá Moça e ela tinha babá que se chamava Bá. Então por isso, como era a única moça e já gostava de cuidar dos bebês, meu pai me deu esse apelido", contou.

No programa Extraordinários, da Sportv, Bá mandou a letra: Medalha olímpica ou ficar mais magra? "Ganhar uma medalha", respondeu.

LEIA TAMBÉM:

- 'Uma Vitória Leva a Outra': Campanha busca empoderar meninas por meio do esporte

- Yolande Mabika perde no judô, mas FAZ HISTÓRIA na Rio 2016

- Sorte no jogo e... SORTE no amor: Rafaela e Thamara são um casal inspirador ❤

- Até o 0 a 0 da Seleção Feminina é bem mais emocionante que o da Seleção Masculina

Também no HuffPost Brasil

Close
NBA na Rocinha: Esporte e amor pela comunidade
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção