Huffpost Brazil

Esta máquina converte alimentos desperdiçados em gás de cozinha

Publicado: Atualizado:
Imprimir

maquina

Vamos falar de cozinhar com gás.

O HomeBiogas, empresa sediada em Beit Yanai, Israel, produz um sistema de biogás que converte restos de alimentos e dejetos orgânicos em gás limpo de cozinha, e seu subproduto pode ser usado como fertilizante líquido para plantas. O melhor de tudo é que ele é fácil de montar e pode ser colocado no quintal de sua casa.

Você pode colocar no sistema dejetos orgânicos de todos os tipos, incluindo carnes, laticínios e até areia de gato usada. Uma vez lá dentro, as bactérias presentes no digestor vão decompor os materiais orgânicos e liberar biogás.

O HomeBiogas, que está sendo vendido por US$995 por tempo limitado, funciona sem eletricidade. Sua produção diária de gás é equivalente a cerca de seis kilowatt-horas de energia.

“Para falar em linguagem que um leigo entende, ele produz gás suficiente para cozinhar por três horas”, falou Ami Amir, diretor de marketing e desenvolvimento comercial da HomeBiogas, falando à “Waste 360”. “A máquina aceita carnes, peixes, gorduras, óleos e laticínios, coisas que não são tratáveis por sistemas de compostagem comuns.”

Amir disse ainda que o gás pode ser usado para iluminação ou para aquecer água, desde que sejam usados aparelhos compatíveis com biogás de baixa pressão.

como funciona

Como os sistemas podem ser montados e desmontados facilmente, eles já foram utilizados em regiões que não têm energia elétrica. Por exemplo, a Reuters informou que a União Europeia financiou um projeto para levar 40 sistemas HomeBiogas à vila palestina de al-Awja, no vale do rio Jordão, na parte central da Cisjordânia.

A “Jewish Business News” informou que o sistema também foi montado no Orfanato Buvundya, em Uganda, graças a um doador. O cientista chefe e co-fundador da empresa, Yair Teller, disse à JBN:

“As crianças do orfanato ficaram maravilhadas quando descobriram a ‘magia’ do HomeBiogas, com a qual podem transformar seus dejetos e produzir sua própria energia.”

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.

LEIA MAIS:

- Comida Invisível: Projeto busca diminuir o desperdício de alimentos em SP

- Aplicativo conecta sobras de comida com pessoas famintas

- Rio terá restaurante comunitário comandado por grandes chefs nas Olimpíadas

TAMBÉM NO HUFFPOST BRASIL:

Close
Comidas resgatadas do lixo
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção