Huffpost Brazil

Maratona aquática feminina tem reviravolta e brasileira Poliana Okimoto fica com a medalha de bronze

Publicado: Atualizado:
POLIANA OKIMOTO
RIO DE JANEIRO, BRAZIL - DECEMBER 13: Poliana Okimoto of Brazil in action on the course at Copacabana Beach during the King and Queen of the Sea 2015 on December 13, 2015 in Rio de Janeiro, Brazil. (Photo by Buda Mendes/Getty Images | Buda Mendes via Getty Images
Imprimir

A maratona aquática feminina teve início pontualmente às 9h da manhã desta segunda-feira (15) no Forte de Copacabana.

Na prova, que se tornou esporte olímpico na Olimpíada de Pequim 2008, os atletas nadam um circuito de 4 voltas, totalizando 10km em águas abertas.

Esperanças de medalha brasileira na modalidade, as atletas Ana Marcela Cunha e Poliana Okimoto cumpriram a maior parte da prova no primeiro pelotão, em um mar de Copacabana tranquilo.

A partir da terceira volta, a holandesa Sharon Van Rouwendaal assumiu a liderança. Poliana conseguiu uma arrancada e pulou para a segunda posição.

A menos 1,5 km para o fim da prova, a baiana Ana Marcela caiu para o segundo pelotão.

Nas três primeiras posições, permaneceram a holandesa Sharon Van Rouwendaal, Poliana Okimoto e a italiana Rachele Bruni. Ao final da prova, que durou quase duas horas, Poliana caiu para quarta posição.

Reviravolta

Parecia que o Brasil sairia sem medalhas da prova, mas uma reviravolta mudou o cenário para o Brasil. A atleta paulista, que havia terminado a prova na quarta colocação, herdou a medalha de bronze.

A mudança ocorreu porque a terceira colocada, a francesa Aurelie Muller, foi desclassificada - ela se apoiou na italiana Rachele Bruni na reta final. Sendo assim, Poliana subiu ao pódio, tendo completado a prova em 1h56min51s4.

Ana Marcela Cunha ficou na 10ª posição, com 1h57min29s.

Mais Poliana

Poliana conquistou medalha de prata na mesma prova, nos os jogos Pan-Americanos de 2007 e 2011.

Em 2009, venceu a Copa do Mundo de maratona aquática, vencendo 9 das 11 etapas disputadas, tornando-se a primeira brasileira campeã da modalidade.

Nas Olimpíadas de Pequim 2008, Poliana chegou em 7º lugar na prova da maratona aquática feminina.

LEIA MAIS:

- #ElasNaRio2016: Larissa e Talita vencem Suíça no vôlei de praia e vão para semifinal

- Diego Hypolito e Simone Biles 'ostentam' medalhas no Snapchat

TAMBÉM NO HUFFPOST BRASIL:

Close
Os atletas brasileiros que mais brilharam na Rio 2016
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção