Huffpost Brazil

Arthur Zanetti comemora medalha olímpica: 'A prata em casa é muito mais gostosa'

Publicado: Atualizado:
Imprimir

arthur zanetti

Arthur Zanetti se tornou na tarde desta segunda-feira (15) o primeiro brasileiro a conquistar duas medalhas olímpicas na ginástica olímpica. No começo da tarde, ele ficou com a prata na final por argolas - realizada na Arena Olímpica, na Barra.

O atleta não conseguiu repetir a vitória da Olimpíada de Londres 2012. Dessa vez, o campeão na modalidade foi o grego Eleftherios Petrounias, que cravou toda a prova, alcançando a invejável nota 16.000.

Nota invejável somente para a torcida, diga-se de passagem.

Contrariando as expectativas comuns quando o assunto é competição, o vice-campeão demonstrou satisfação com a sua medalha de prata. Para Zanetti, a conquista dela no Brasil foi especial.

Ao Globo Esporte, ele revelou:

“A prata em casa é muito mais gostosa. Estar em casa é muito melhor. Ter Olimpíada em casa é maravilhoso. Com essa torcida, melhor ainda.”

Zanetti foi o oitavo e último a fazer sua série. Conseguiu a nota 15.766 – que em outro cenário seria suficiente para um ouro. O bronze ficou com o russo Denis Ablyazin, que completou o pódio com 15.700.

Em outro depoimento ao site, o atleta de São Caetano do Sul (ABC) comentou sobre o quanto essa perspectiva que valoriza só o ouro pode ser prejudicial.

“Isso que é o problema de muita gente: só quer julgar o ouro. Numa Olimpíada, estar numa final é de grande tamanho. Muita gente não sabe o quanto os atletas se dedicam. Olho meus companheiros na Vila e vejo que todos eles são vencedores. Mas conseguir uma medalhinha é muito bom.”

As palavras são de quem conhece muito bem o assunto. Arthur Zanetti é tricampeão sul-americano, bicampeão universitário, bicampeão pan-americano, além de campeão mundial e olímpico.

E se existia alguma dúvida sobre o clima amistoso dos bastidores dessa final, a foto a seguir resolveu esse questão:

Marcos Goto, técnico de Zanetti, elogiou o desempenho do campeão - Eleftherios Petrounias - e também comemorou a prata do brasileiro:

“Ginástica é momento, neste momento o grego foi realmente melhor, tem que tirar o chapéu para ele. Fomos parabenizar, porque a prova dele foi imbatível. Daqui a pouco vão ter ginastas mais novos que vão disputar com eles (sobre rivalidade com Petrounias) Temos que comemorar, nosso resultado, fizemos nosso papel.”

LEIA MAIS:

- Maratona aquática feminina tem reviravolta e brasileira Poliana Okimoto fica com O BRONZE

- Hypolito caiu e foi lidar com as emoções: 'Não deixei que os tombos fossem maiores que minha vontade de vencer'

TAMBÉM NO HUFFPOST BRASIL:

Close
Arthur Zanetti: Esperança de ouro na Olimpíada
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção