Huffpost Brazil

Dilma fará pessoalmente defesa na fase final do impeachment no Senado

Publicado: Atualizado:
DILMA ROUSSEFF
Suspended Brazilian President Dilma Rousseff attends a news conference with foreign media in Brasilia, Brazil, June 14, 2016. REUTERS/Ueslei Marcelino | Ueslei Marcelino / Reuters
Imprimir

A presidente afastada, Dilma Rousseff, irá pessoalmente ao Senado fazer a defesa no julgamento final do impeachment, de acordo com a Folha de São Paulo.

Ela disse ao jornal que "será a manifestação de uma presidente que irá ao Senado e que está sendo julgada por um processo de impeachment sem crime de responsabilidade" e que não teme atitudes agressivas por parte de alguns senadores.

O julgamento final do impeachment está previsto para começar em 25 de agosto e irá durar de três a cinco dias.

Dilma é acusada de crime de responsabilidade pela edição de decretos sem autorização do Congresso e pelas pedaladas fiscais, atrasos de repasses do Tesouro Nacional para o Banco do Brasil no Plano Safra.

Ler toda a história em Folha de São Paulo

Também no HuffPost Brasil:

Close
Manifestações contra votação do impeachment no senado
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção