Huffpost Brazil

Simone Biles e Phelps vão pagar um total de R$ 317,4 mil de imposto por suas medalhas na Rio 2016

Publicado: Atualizado:
PHELPS E SIMONE
Montagem/Reuters
Imprimir

O nadador Michael Phelps e a ginasta Simone Biles encantaram o mundo com seus feitos e o número espetacular de medalhas, mas ao chegarem em casa, no próximo dia 21 de agosto, terão de pagar um total de US$ 98.560 de impostos, o equivalente a R$ 317.451,90, para os Estados Unidos.

O valor é baseado no que o atleta acumulou com prêmios recebidos pelos Jogos. De acordo com a BBC, a ginasta que mais brilhou nessa Olimpíada -- levando para casa quatro ouros e um bronze -- terá de pagar aos EUA um total de US$ 43. 560, ou R$ 140.302,40, enquanto Michael Phelps -- que ganhou cinco ouros e uma prata -- poderá pagar US$ 55.000 só de tributos, ou R$ 177.149,50.

Os valores são uma porcentagem da fortuna acumulada pelos atletas por causa dos jogos: Simone recebeu, em média, US$ 2 milhões em publicidade e pelas medalhas e Phelps ganhou nada menos do que US$ 55 milhões.

Com isso, eles entraram na faixa mais alta do chamado "imposto da vitória" -- tributo sobre o prêmio dado pelo Comitê Olímpico aos atletas medalhistas, uma espécie de "bônus" que varia de acordo com a medalha conquistada.

Medalha de ouro vale US$ 25 mil (R$ 80.522,50), prata vale US$ 15.000 (\R$ 48.313,50) e bronze, US$ 10.000 (R$ 32.209).

Tais valores são tributados como renda e, em caso de múltiplas medalhas, como de Simone e Phelps, os impostos são somados, e a quantia final fica astronômica.

LEIA MAIS:

- CAMPEÃO! Nadador que venceu Phelps, Joseph Schooling é ovacionado em volta para casa

- Simone Biles e Zac Efron se encontraram no Rio, e as fotos ficaram ótimas

Também no HuffPost Brasil

Close
As fotos mais incríveis da Olimpíada Rio 2016
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção