Huffpost Brazil

É para rir? Donald Trump 'lamenta' comentários passados que causaram sofrimento

Publicado: Atualizado:
DONALD TRUMP
Carlo Allegri / Reuters
Imprimir

No primeiro discurso que fez após reformular sua equipe de campanha nesta semana, o candidato presidencial republicano Donald Trump pediu desculpas por comentários passados que "podem ter causado sofrimento pessoal" num momento em que procura redirecionar sua mensagem em reação à queda nas pesquisas de intenção de voto.

"Às vezes, no calor do debate e falando sobre uma variedade de temas, você não escolhe as palavras certas, ou diz a coisa errada", disse Trump a uma plateia de Charlotte, no Estado da Carolina do Norte. "Fiz isso, e o lamento, particularmente quando pode ter causado sofrimento pessoal. Existe muita coisa em jogo para nos desgastarmos com essas questões."

Trump não citou nenhum exemplo de tais comentários. Para ajudar a refrescar a memória do candidato, nós enumeramos alguns momentos que Trump deveria lamentar: quando ele expulsou uma mãe e um bebê de um comício, quando ele elogiou o ditador iraquiano Saddam Hussein por 'matar terroristas', quando ele disse que poderia 'atirar em alguém sem perder nenhum eleitor' ou ainda quando ele insinuou que poderia atirar na sua rival, a candidata democrata Hillary Clinton.

Simplificando: Ele deveria lamentar por sua campanha inteira.

O empresário de Nova York fez de sua "fala dura" e de seu estilo estridente um recurso de campanha para a eleição de 8 de novembro, pedindo desculpas raramente quando criticado, mesmo por membros de seu próprio partido, por comentários ofensivos sobre mulheres, muçulmanos e imigrantes mexicanos.

No discurso do ano passado no qual anunciou que buscaria a candidatura presidencial, ele descreveu alguns imigrantes mexicanos como "criminosos e estupradores". Recentemente ele recebeu uma avalanche de críticas por menosprezar a família de um soldado norte-americano muçulmano que morreu no Iraque em 2004 depois de o pai do militar se pronunciar contra Trump na Convenção Nacional Democrata no mês passado.

A campanha de sua rival democrata, Hillary Clinton, rejeitou rapidamente as desculpas do magnata, dizendo: "Donald Trump literalmente iniciou sua campanha insultando as pessoas".

"Hoje à noite descobrimos que seu redator de discursos e responsável pelo teleprompter sabe que ele tem muito pelo que deveria se desculpar", afirmou a campanha em um comunicado.

"Mas essa desculpa hoje à noite é simplesmente uma frase bem escrita até que ele nos diga qual de seus muitos comentários ofensivos, truculentos e conflituosos ele lamenta --e mude completamente de tom."

(Com informações da Reuters)

LEIA MAIS:

- As desculpas para a declaração de Trump sobre 'atirar em Hillary' são INACREDITÁVEIS

- ASSISTA: Este gato tem mais medo do Donald Trump que você

- ASSISTA: Garotinha cai no choro ao saber que Obama não será mais presidente

Também no HuffPost Brasil

Close
13 frases (apavorantes) de Donald Trump
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção