Huffpost Brazil

Após toda confusão, nadador Ryan Lochte diz que 'exagerou': 'O Brasil não merece isso'

Publicado: Atualizado:
Imprimir

ryan lochte

O nadador americano Ryan Lochte afirmou em entrevista ao Jornal Nacional deste sábado (20) que "exagerou a história" sobre o incidente em que se envolveu no Rio de Janeiro. Ele também disse que ama o Brasil e que está arrependido pelos problemas que causou.

"Queria pedir desculpa ao dono do posto, ao povo do Rio, à polícia, ao povo do Brasil. Estou verdadeiramente, 110% arrependido. Nunca mais vai acontecer. Aprendi com isso. Eu amo vocês. Vocês me trataram com respeito. Eu estou arrependido de que minha imaturidade tenha causado toda essa confusão", disse o nadador em entrevista ao Jornal Nacional.

O nadador já tinha ensaiado uma desculpa antes, mas não diretamente aos brasileiros:

"É traumático estar na rua até tarde com os seus amigos, em um país estrangeiro - com uma barreira linguística - e um estranho apontar uma arma para você e exigir dinheiro para deixar você ir, mas independentemente do comportamento de qualquer outra pessoa naquela noite, eu deveria ter sido muito mais responsável na forma como me comportei e, por isso, sinto muito pelos meus colegas de equipe, meus fãs, meus adversários, meus patrocinadores e os anfitriões deste evento incrível".

Ao JN, Lochte reafirmou que teve uma arma apontada em sua direção –os vídeos mostram que, durante a confusão no posto de gasolina, um segurança do estabelecimento sacou a arma e que estava "intoxicado" pelo álcool, não sabendo o que estava acontecendo naquele momento.

O caso

Medalha de ouro no revezamento 4 x 200 m, Lochte estava acompanhado por quatro nadadores dos Estados Unidos que alegaram terem sido assaltados no trajeto entre o Club France, na zona sul do Rio, e a Vila Olímpica do Rio.

A versão acaboui desmentida pelos próprios colegas do nadador. Posteriormente, vídeos mostram os atletas depredando o banheiro de um posto de gasolina na Barra da Tijuca e chegando na Vila dos Atletas horas depois do suposto assalto.

LEIA MAIS:

- Rio 2016 diz que nadadores americanos não precisam pedir desculpas por falso assalto

- Comitê dos EUA pede desculpas por confusão com nadadores: 'Comportamento destes atletas não é aceitável'

- Nadadores dos EUA são indiciados por inventar assalto no Rio de Janeiro

Também no HuffPost Brasil

Close
Cerimônia de Abertura Rio 2016
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção