Huffpost Brazil

Polícia francesa obriga mulher a tirar parte da roupa em praia de Nice

Publicado: Atualizado:
Imprimir

Nesta quarta-feira (24) imagens de homens armados obrigando uma mulher a retirar parte de suas roupas na em uma praia em Nice causou, novamente, polêmica sobre a proibição de determinados trajes por parte das autoridades francesas.

Várias cidades do país proibiram o uso do 'burkini' - um traje muçulmano de banho que cobre o corpo todo e a cabeça - em suas praias alegando preocupações com a "ordem pública".

As imagens mostram uma mulher descansando na praia, localizada na Promenade des Anglais, cenário do ataque terrorista que matou 86 pessoas no mês de julho, quando um homem lançou um caminhão contra uma multidão que comemorava o Dia da Bastilha, feriado nacional.

Ela então é abordada por quatro homens que pedem que ela tire parte da sua roupa, uma túnica azul. De acordo com veículos da imprensa internacional, um deles também preencheu um papel - não se sabe se uma ocorrência, ou uma multa.

No mesmo dia, uma outra mulher contou à agência AFP ter sido multada por usar legging, túnica e lenço em uma praia em Cannes. No registro da multa, lia-se que ela não estava com uma "roupa que respeitasse a boa moral e o secularismo".

Testemunhas também confirmaram o incidente à agência. "A parte mais triste é que algumas pessoas gritaram 'vá para casa', e outras aplaudiram a polícia. Enquanto isso, sua filha chorava".

LEIA MAIS:

- A proibição do burkini em Cannes compromete a liberdade das muçulmanas

- Justiça alemã proíbe estudante de usar véu muçulmano em sala de aula

- Estado laico ou islamofóbico? Cannes proíbe uso de 'burkini' em praias

Também no HuffPost Brasil

Close
Estes são os verdadeiros muçulmanos que oram em mesquitas
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção