Huffpost Brazil

Ministra da Saúde da Austrália pede que atletas façam sexo seguro para evitar zika

Publicado: Atualizado:
AUSTRALIAN OLYMPIC TEAM
Jason McCawley via Getty Images
Imprimir

Preocupada com uma possível transmissão do zika vírus, a ministra da Saúde da Austrália, Sussan Ley, pediu aos atletas recém-chegados da Rio 2016 que fizessem sexo seguro nas próximas semanas.

Em nota oficial, divulgada nesta quarta-feira (24), a ministra pede que os atletas sejam conscientes sobre o zika vírus e que exercitem a "precaução como a melhor forma de proteção."

A preocupação de Ley é que haja transmissão do vírus pelo sexo entre australianos e atletas que podem ter sido infectados por mosquitos transmissores do zika enquanto estiveram no Rio de Janeiro. Para que isso não ocorra, a ministra pede que atletas sejam "conscientes e cuidadosos" e que usem preservativos nas relações sexuais.

"Se você recentemente visitou o Rio para a Olimpíada, há chances de que você tenha sido picado por um mosquito", disse Ley. A precaução vale também aos turistas australianos que assistiram aos jogos na Cidade Maravilhosa ou que visitaram o Brasil recentemente.

"Existe uma pequena chance do zika ser transmitido durante uma relação sexual, então, australianos que voltaram do Brasil devem usar preservativos ou evitar sexo sem proteção nas próximas oito semanas."

"Isso não é causa para alarde, mas há algumas dicas simples que o governo australiano fez que ajudam a identificar sintomas do vírus e minimizar as transmissões", disse a nota divulgada à imprensa. "Obviamente, se você não está se sentindo bem depois de retornar para casa, por favor, visite seu médico imediatamente e avise-o de sua mais recente estadia no Brasil."

"No entanto, a melhor proteção é a precaução, principalmente se você ou sua parceira estiver grávida ou planejando engravidar em um futuro próximo."

No ano passado, foram confirmados 44 casos de Zika vírus na Austrália. Todos infectados fora do país.

Olimpíada sem zika

Apesar da precaução da ministra australiana, a cidade do Rio não registrou nenhum caso do vírus durante a Olimpíada. Segundo o prefeito do Rio, Eduardo Paes, nenhum atendimento nos hospitais e postos de saúde do município foi suspeita do zika.

"Durante algum tempo houve um grau de alarmismo e de certa irresponsabilidade, inclusive de setores internacionais da área de saúde. Parecia que quem chegasse aqui seria carregado por mosquitos. Foi muito mais seguro ficar no Rio no período olímpico do que ir para Miami", disse Paes, de acordo com o jornal O Globo.

LEIA MAIS:

- Recado para os gringos: O Brasil não é bagunça!

- Especialistas pedem adiamento ou realocação dos Jogos Olímpicos devido ao Zika vírus

Também no HuffPost Brasil

Close
Sintomas do zika vírus
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção