Huffpost Brazil

Desempregado, estudante de Belém trocou sala de aulas por ônibus e decidiu dar aulas

Publicado: Atualizado:
PROFESSOR
Eduardo Veras conquistou passageiros com aulas de História | Reprodução/Facebook
Imprimir

Eduardo Veras é estudante de Ciências Sociais, bolsista em uma faculdade particular de Belém, no Pará.

O seu sonho é ser professor, mas ainda não tem as qualificações exigidas para exercer profissionalmente, como o título do mestrado.

O objetivo de continuar os estudos, porém, está ameaçado. É que, desempregado, ele está com dificuldades de manter os gastos com a faculdade, como a compra de livros e apostilas.

Veras poderia desistir e abrir mão de ser educador, mas ele encontrou uma maneira criativa que o tem ajudado a superar a crise financeira. Seu projeto é mais do que uma opção para ganhar dinheiro — e permite ao jovem estar em contato com novos alunos todos os dias, a disseminar tudo aquilo que ele aprendeu nos livros e, quem sabe, a mudar a vida de muita gente. Dentro dos ônibus de Belém, Eduardo Veras dá aula de História durante as viagens na cidade.

A sua atividade docente ficou conhecida após uma passageira compartilhar um relato no Facebook. Alexandra Abdon saiu do seu trabalho e pegou ônibus para casa quando foi surpreendida pela presença do professor:

"Não esperava que nada me surpreendesse, até entrar um rapaz dentro do ônibus, com uma mochila nas costas. Logo pensei: é apenas mais um do Vasos de Honra, ou um vendedor chato que pede "um minutinho da nossa atenção" gritando. É mais um que por falta de opção, optou por ganhar seu dinheirinho no fim do dia vendendo crokíssimos, jujubas, pipocas, pastilhas ice kiss e mentos. Mas não era. (...) Ele distribuiu um certo papel para todos os passageiros (inclusive eu). Não era um pedido de ajuda para arrecadar dinheiro ou doações. Era um papel ilustrativo sobre o Descobrimento da América, o Tratado de Tordesilhas... ERA ASSUNTO DE HISTÓRIA. Isso mesmo, HISTÓRIA."



Aqui está o desabafo de Veras sobre o difícil momento do desemprego enfrentado por ele — e como uma solução original e altruísta está mudando sua vida:

Em seu canal no Youtube, Veras costuma compartilhar os vídeos das aulas gravadas nos ônibus diariamente. Desde fevereiro ele passou a distribuir apostilas sobre diversos assuntos, como o período do Renascimento e o feudalismo.

"Eu distribuo panfletos com histórias em quadrinhos para que as pessoas possam acompanhar. Não vendo porque o material não é meu, mas quero produzir meu próprio material. No final eu peço uma ajuda. Qualquer quantia. Era para pagar livros e poder estudar mais, mas não está dando, então é para pagar as contas. O que eu arrecado varia a cada dia. Em dias bons, consigo R$ 50. Nos outros em torno de R$ 30 ou R$ 20.", disse em entrevista ao G1.

LEIA MAIS:

- 8 campanhas de financiamento coletivo que realmente fazem a diferença

- Clínica sobre rodas leva serviços médicos gratuitos para moradores de rua

- Estudantes de colégio em Tocantins dão uma lição de empatia ao ajudar aluna após acidente

Também no HuffPost Brasil

Close
Ideb: Como está a educação no seu Estado?
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção