Huffpost Brazil

Bombeiro deixa carta emocionante para criança que morreu no terremoto na Itália

Publicado: Atualizado:
GIULIA RINALDO
The coffin of 9-year-old Giulia Rinaldo, is carried outside the gymnasium at the end of the state funeral service in Ascoli Piceno, Italy, Saturday, Aug. 27, 2016. Funerals for some victims took place on Friday, while those for many others are expected in the coming days. | Gregorio Borgia/AP
Imprimir

O funeral das mais de 290 vítimas que morream no terremoto que destruiu partes da região central da Itália começou neste sábado. Na cidade de Arquata, 35 pessoas foram veladas juntas, em uma cerimônia no ginásio de esportes.

Um dos corpos que está sendo enterrado neste sábado é de Giulia Rinaldo, de apenas 10 anos. O corpo de Giulia foi encontrado pela equipe de bombeiros em cima da sua irmã mais nova, Georgia, que foi encontrada viva depois de 16 horas de buscas na cidade de Pescara del Tronto.

Um dos bombeiros que trabalharam neste resgate, conhecida apenas como Andrea, deixou uma carta para a vítima que ela não conseguiu salvar. O bilhete foi deixado em cima do seu caixão.

carta

A carta diz o seguinte:

"Oi, minha querida. Eu consegui dar apenas uma mão para puxá-la para fora dos escombros. Nos perdoe por chegar tarde demais. Você tinha parado de respirar, mas eu gostaria que você soubesse que fizemoa tudo o que podíamos para te salvar. Quando eu voltar para minha casa em Áquila, eu sei que haverá um anjo me olhando lá do céu e você vai ser uma estrela brilhante na noite. Tchau, Giulia! Eu te amo, mesmo que você nunca tenha me conhecido"

giulia rinaldo

O primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi, e o presidente Sergio Mattarella, estão participando dos funerais na região central da Itália. O bispo Giovanni dÉrcole, que liderou a cerimônia, deixou uma mensagem para que os familiares das vítimas não percam a coragem. "Juntos, acima de tudo, nós vamos reconstruir nossas vidas nas comunidades", disse.

Tremores secundários continuam a acontecer na região, o mais forte deles chegando a 4.2. O Instituto Geológico Italiano afirma que 1.332 tremores secundários foram sentidos na Itália desde quarta-feira, quando o terremoto principal, de magnitude 6.2 atingiu a região central do país.

Também no HuffPost Brasil

Close
Terremoto na Itália
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção