Huffpost Brazil

Filme 'Aquarius' conquista festival de cinema em Amsterdã

Publicado: Atualizado:
AQUARIUS
Reprodução
Imprimir

O filme Aquarius, do diretor pernambucano Kleber Mendonça Filhou, ganhou o título de melhor fim do festival World Cinema Amsterdam. Este é o segundo festival conquistado pela obra brasileira, que também venceu o Festival de Cinema de Sidney, em junho, e também foi muito elogiado no Festival de Cannes, em maio.

Aquarius é estrelado por Sonia Braga e conta a história de uma crítica de música aposentada que entra em uma disputa com um rico empresário que quer demolir seu prédio para construir um novo empreendimento. O edifício é o último de seu estilo na cidade de Boa Viagem, no Recife. Kleber Mendonça Filho é o mesmo diretor do premiado O Som ao Redor.

“Aquarius não está tendo uma carreira normal. Estreou em Cannes e foi vendido para mais de 50 países, chegando no Brasil com uma força muito grande, por causa do que o filme é”, conta o diretor em entrevista ao HuffPost Brasil, na última quarta-feira (24). “Isso gera uma energia positiva para o filme.”

Quando foi exibido em Cannes, a equipe de Aquarius protestou contra a situação política e econômica do Brasil, alertando a mídia internacional para um golpe de Estado no Brasil, com o afastamento da presidente Dilma Rousseff.

protesto aquarius

Na última semana, a obra de Mendonça Filho causou polêmica por receber a classificação etária de 18 anos. O Ministério da Cultura alega que o filme contém "situação sexual complexa".

“Não acho que esteja de acordo, principalmente por causa dos precedentes de outros filmes brasileiros”, disse o diretor, alegando que a classificação não é proporcional ao conteúdo sexual em Aquarius.

Segundo Mendonça Filho, outros filmes brasileiros com fortes cenas de sexo lançados recentemente, como Praia do Futuro (14 anos) e Tatuagem (16 anos), não receberam o mesmo tratamento. “Eu acho que os parâmetros ficam confusos”, opina.

Também neste mês, o crítico de cinema da rádio CBN Marcos Petruccelli, publicamente avesso à obra do diretor pernambucano, foi selecionado pela Secretaria do Audiovisual (SAv) para se juntar à comissão que vai escolher o longa brasileiro a disputar vaga no Oscar de 2017, na categoria de melhor filme estrangeiro.

Mendonça Filho escreveu uma carta aberta na Folha de S.Paulo sobre o assunto. “[Petruccelli na comissão do Oscar] É algo próximo de um escândalo”, disse.

O longa Aquarius chega aos cinemas brasileiros nesta quarta-feira, dia 1

Também no HuffPost Brasil

Close
Viola Davis: Filmes
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção