Huffpost Brazil
Marcella Fernandes Headshot

'A política não veste saias. É um ambiente misógino', diz Gleisi a Dilma

Publicado: Atualizado:
GLEISI HOFFMANN
Ex-ministra de Dilma diz que a política no Brasil é machista | Waldemir Barreto / Agência Senado
Imprimir

Protagonista de dois debates acalorados no julgamento final do impeachment, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) afirmou que a política é um ambiente machista e que a presidente afastada, Dilma Rousseff, é alvo de uma injustiça de seus "algozes".

"A política não veste saias, presidenta. Por enquanto, não ainda. Ela ainda é um ambiente misógino", afirmou a senadora no plenário do Senado durante o tempo dedicado a questionar Dilma.

Ministra da Casa Civil na gestão da petista, Gleisi afirmou que foi uma honra ter sido "companheira de caminhada" de Dilma e de "defender a democracia".

Para a parlamentar, o impeachment é um processo "marcado por traições e uma grande ingratidão". Ela disse que Dilma foi vítima de conspiração e de pautas-bomba orquestradas pelo ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Em um tom sutil, a petista voltou a apontar as falhas dos parlamentares, responsáveis pelo julgamento de Dilma. "O que nos dá o direito de julgá-la, de apontar-lhe os dedos se a crise política e econômica que nós estamos vivendo neste País teve muita da colaboração deste Parlamento, do Congresso, dos senhores senadores que estão sentados nessas bancadas", questionou.

Em consonância com o discurso da presidente afastada, Gleisi comparou o julgamento dos crimes de responsabilidade à ditadura militar. "Aqui não tem tanques, não tem baionetas, não tem torturas físicas, mas não faltaram a tortura emocional, psicológica, política", afirmou.

São necessários 28 votos para que Dilma volte a comandar o País, mas na votação da pronúncia, fase intermediária do processo, ela obteve apenas 21. A expectativa é que a votação aconteça na madrugada de terça-feira (30) para quarta-feira (31).

LEIA TAMBÉM

- Celebridades defendem Dilma Rousseff em processo de impeachment

- 'Impeachment vai ajudar esquerda a rejuvenescer', diz Cristovam Buarque

- 'A vida é assim, senador. Dura', responde Dilma a líder do PSDB no Senado

Também no HuffPost Brasil:

Close
Impeachment de Dilma Rousseff
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção