Huffpost Brazil

Após impeachment, Dilma decide se mudar para o Rio de Janeiro, onde a mãe mora

Publicado: Atualizado:
DILMA ROUSSEFF
Paulo Pinto / AGPT
Imprimir

Afastada definitivamente da Presidência da República desde quarta-feira, Dilma Rousseff pretende se mudar para o Rio de Janeiro, onde irá continuar atividades contra o impeachment.

A intenção é fazer um enfrentamento mais agressivo. O PT se reúne nesta sexta-feia, com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, para fechar uma estratégia.

De acordo com a Folha de São Paulo, a escolha foi feita pela presença de correspondentes estrangeiros na cidade, o que facilita reforçar no exterior o discurso de que Dilma foi vítima de um golpe.

Além disso, a petista poderá acompanhar a mãe, Dilma Jane, com quem vivia em Brasília. Ela está doente e tem um apartamento no Rio.

A ex-presidente vai dividir o tempo entre viagens nacionais e internacionais, além de estadas em Porto Alegre (RS), onde mora a filha, Paula, e os dois netos.

Boa parte dos pertences, como roupas e livros, já foram transportados do Palácio da Alvorada para a capital gaúcha.

Como ex-presidente, Dilma tem direito a veículo oficial, segurança e seis servidores. O Senado manteve também os direitos políticos da petista.

LEIA TAMBÉM

- Toma lá, da cá: Brasil convoca embaixadores na Venezuela, Equador e Bolívia após críticas ao impeachment

- PT fará 'oposição incansável' contra reformas nas áreas sociais propostas por Temer

- Partido espanhol pede que União Europeia corte relações com o Brasil

Também no HuffPost Brasil:

Close
Manifestação contra impeachment de Dilma
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção