Huffpost Brazil

Diagnosticada com pneumonia, Hillary Clinton teve que sair às pressas de cerimônia de 11 de setembro após passar mal

Publicado: Atualizado:
HILLARY CLINTON
Hillary Clinton passa mal em evento deo 11 de Setembro | REUTERS/Brian Snyder
Imprimir

A candidata presidencial democrata, Hillary Clinton, foi diagnosticada com pneumonia após sentir-se mal com o calor neste domingo (11) em uma cerimônia em Nova York em memória aos ataques de 11 de setembro. Ela deixou o evento mais cedo, segundo um porta-voz da campanha.

À tarde, a médica de Clinton, Lisa Bardack, divulgou um comunicado informando sobre a doença da democrata:

"A secretária Clinton tem tossido bastante em função de alergias. Na sexta-feira, após ser examinada devido a essa tosse prolongada, ela foi diagnosticada com pneumonia. Ela já começou a ser medicada com antibiótico e foi aconselhada a descansar e mudar sua agenda. Durante o evento nesta manhã, ela sentiu muito calor e ficou desidratada. Eu acabo de examiná-la, e ela está reidratada e se recuperando bem."

Hillary partiu do evento depois de 90 minutos, enquanto a cerimônia ainda estava em andamento, afirmou o porta-voz Nick Merrill.

Após Hillary ter deixado o evento, a imprensa norte-americana noticiou que ela tinha ficado doente.

O candidato republicano Donald Trump tem levantado repetidas perguntas sobre a saúde de Clinton e se ela teria a energia para servir como presidente dos Estados Unidos.

Em dezembro de 2012, Hillary, de 68 anos, sofreu uma concussão e pouco depois teve um coágulo sanguíneo.

Em uma carta divulgada por Bardack em julho, Hillary Clinton foi descrita como tendo "excelente saúde" e "apta para servir" à Casa Branca.

LEIA MAIS:

- Trump ultrapassa Hillary Clinton e lidera pesquisas de intenção de voto

- É para rir? Donald Trump 'lamenta' comentários passados que causaram sofrimento

Close
10 feitos de Hillary que nada têm a ver com Bill
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual