Huffpost Brazil

Cunha diz que sua cassação fortalece tese de golpe de Dilma, diz Folha

Publicado: Atualizado:
EDUARDO CUNHA
EVARISTO SA via Getty Images
Imprimir

O protagonista da abertura do processo de impeachment de Dilma Rousseff, o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, diz que se os colegas de plenário cassarem seu mandato hoje (12) estarão fortalecendo a tese de "golpe" contra a petista. Ao jornal Folha de S. Paulo, Cunha pediu que seu mandato seja julgado pelo Supremo Tribunal Federal e disse que os deputados precisam "julgar sabendo que amanhã serão julgados."

Cunha alegou não ter culpa de nada de que está sendo acusado e que sua punição é uma forma de vingança dos defensores do PT. "O discurso do golpe precisa da minha cassação, vai dar munição para eles dizerem que o processo é tão deturpado que quem autorizou a abertura do impeachment foi cassado. Para eles, essa é uma luta de vida ou morte", disse à Folha.

Ler toda a história em Folha.com

Também no HuffPost Brasil

Close
Hotéis de luxo frequentados por Cunha e família
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção