Huffpost Brazil

José Carlos Bumlai é condenado a 9 anos e 10 meses de prisão na operação Lava Jato

Publicado: Atualizado:
BUMLAI
Brazilian businessman Jose Carlos Bumlai gestures during a public hearing before the Parliamentary Commission of Inquiry investigating loan contracts suspects in the National Bank for Economic and Social Development (BNDES) in Brasilia, in December 1, 2015. Bumlai, considered close friend to former President Luiz Inacio Lula da Silva, is in jail charged with dealing loans for the Workers' Party. AFP PHOTO/EVARISTO SA / AFP / EVARISTO SA (Photo credit should read EVARISTO SA/AFP/Getty Ima | EVARISTO SA via Getty Images
Imprimir

O pecuarista José Carlos Bumlai foi condenado pelo juiz Sérgio Moro a 9 anos e 10 meses de prisão por gestão fraudulenta e corrupção passiva na operação Lava Jato. A sentença foi publicada na manhã desta quinta-feira (15).

Bumlai foi condenado pelo repasse de R$ 12 milhões ao PT, obtidos por meio de um empréstimo junto ao banco Schahin, em outubro de 2004.

A investigações apontaram que, em troca do empréstimo, o Grupo Schahin foi favorecido em 2009 por um contrato para operar o navio sonda Vitória 10.000, no valor de US$ 1,6 bilhão, sem licitação com a Petrobras.

Ainda de acordo com a Lava Jato, o ex-presidente Luiz Inácio da Silva teria dado aval para o negócio. A tese é negada pela defesa de Lula, que não está entre os acusados nesta ação.

O juiz Moro também condenou, nesta mesma sentença, o empresário Fernando Antonio Falcão Soares, o Fernando Baiano, o ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores (PT) João Vaccari Neto, e outros quatro réus do processo.

LEIA MAIS:

- De FHC a Dilma, Cerveró revela esquema o esquema que corroeu a Petrobras

Também no HuffPost Brasil

Close
Lula na Lava Jato: Repercussão internacional
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção