Huffpost Brazil

De palhaço a galã: O palco principal de Domingos Montagner sempre foi o circo

Publicado: Atualizado:
Imprimir

velho chico

O ator Domingos Montagner morreu tragicamente na tarde desta quinta-feira (15). Ele desapareceu após um mergulho no rio São Francisco, trecho do município Canindé de São Francisco.

O corpo foi encontrado horas depois preso nas pedras, a 18 metros de profundidade, na Região de Canindé de São Francisco, na divisa entre Sergipe e Alagoas.

A morte do ator ocorreu após gravações da novela Velho Chico, na qual interpretava o Santo. Montagner deixou a mulher, Luciana Lima, e três filhos.

Com status de galã, ele era na atualidade um dos atores mais disputados da TV Globo. No entanto, foi na arte circense que o artista paulistano lapidou sua carreira.

Nascido em 1962 no bairro do Tatuapé, na capital paulista, Montagner era formado em educação física. Nos anos 1980, passou a desenvolver sua veia artística por meio de aulas no Circo Escola Picadeiro e num curso de interpretação de Myriam Miniz.

circo

Em 1997, formou o Grupo LaMínima, com Fernando Sampaio. A peça A Noite dos Palhaços Mudos lhe rendeu o prestigiado prêmi Shell de Melhor Ator. Em 2003, ajudou a fundar o Circo Zanni, do qual também foi produtor artístico.

cir

O primeiro trabalho de Montagner na TV foi no seriado Mothern (2006), exibido no canal de TV por assinatura GNT. A estreia na Globo ocorreu também em seriados: Força Tarefa (2009), A Cura (2010) e Divã (2011). A primeira novela veio também em 2011, na trama Cordel Encantado. O ator também atuou em O Brado Retumbante (2012), Gonzaga – De Pai para Filho (2012), Joia Rara (2013) e Sete Vidas (2015).

la

Ao todo, foram treze programas de TV, entre séries e novelas, além de nove filmes (alguns ainda inéditos).

Vidas Partidas é um título recente em que é possível ver Montagner em um dos papeis que foi, segundo ele próprio, um dos desafiadores de sua carreira. No filme, ele vive Raul, um homem que, por ciúme, agride violentamente a mulher.

Em entrevista ao jornal O Globo, o ator falou sobre a construção do obscuro do personagem:

“Acredito que possuímos todos os personagens dentro de nós. Os seres humanos são semelhantes. Durante nossa formação afetiva e psicológica, potencializamos certas características, que acabam formando nosso caráter. É curioso pesquisar como a atmosfera psíquica de um personagem sombrio está presente na nossa personalidade, mas é necessário ter distanciamento e técnica para não se contaminar. O processo é sempre traumático.”

Assista ao trailer:

LEIA MAIS:

- Domingos Montagner morre aos 54 anos, confirma Corpo de Bombeiros

- Adeus: Colegas de elenco prestam homenagem a Umberto Magnani, o padre Romão em 'Velho Chico'

TAMBÉM NO HUFFPOST BRASIL:

Close
A carreira do ator Domingos Montagner em imagens
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção