Huffpost Brazil

Ailton Graça será Mussum no cinema: 'Quero mostrar o homem por trás desse personagem'

Publicado: Atualizado:
Imprimir

ailton

O cineasta Roberto Santucci anunciou em 2014 que havia comprado os direitos da biografia do humorista Mussum e que pretendia adaptá-la para o cinema.

Em entrevista ao site Adoro Cinema, à época, o diretor das comédias de sucesso Até Que a Sorte nos Separe (1 e 2), De Penas Pro Ar (1 e 2) e O Candidato Honesto, chegou a afirmar que o trabalho resultaria em uma "comédia elegante":

“A gente fechou os direitos do livro [Mussum Forévis – Samba, mé e Trapalhões, escrito pelo jornalista Juliano Barreto] e o filme é uma comédia que pode ser incrível. É um projeto audacioso, maior, filme de época... É um projeto de comédia elegante."

Praticamante dois anos se passaram e nenhuma novidade sobre o projeto foi divulgada, apenas boatos de que o ator Aílton Graça teria sido escolhido para dar vida ao humorista e músico carioca, morto em 1994, nos cinemas.

Pois bem, nesta semana o boato foi confirmado pelo ator em entrevista ao mesmo site: "A gente conversou bastante sobre o Mussum e apalavrou a possibilidade de fazer o filme", afirmou.

De acordo com o Ailton, o roteiro que será assinado por Paulo Cursino ainda não foi escrito e também não há previsão para o início das filmagens. Mas deixou claro o que pretende mostrar com o papel:

"Quero fazer uma coisa mais vertical, entrar um pouco mais na vida do Antônio Carlos. O Mussum todo mundo de alguma forma está esbarrando, virou meme na internet. Afetivamente, ele já está linkado na vida das pessoas. Agora quem é este homem por detrás do Mussum?"

Filho de uma empregada doméstica analfabeta, Antônio Carlos Bernardes Gomes, nome de batismo de Mussum, nasceu em 1941. Cresceu se alimentando de sobras, estudou em colégio interno e trabalhou como mecânico antes da fama, na década de 60.

Ele se tornou um dos humoristas mais queridos do Brasil depois de integrar Os Trapalhões, nos anos 1970. Foi também música na grupo Os Originais do Samba.

O livro Mussum Forévis – Samba, mé e Trapalhões reúne documentos inéditos e depoimentos de amigos, parceiros de trabalho, além de familiares do humorista.

Agora é esperar para ver isso na telona.

Cacildis!

TAMBÉM NO HUFFPOST BRASIL

Close
20 anos da morte de Mussum
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção