Huffpost Brazil

Elenco de 'Velho Chico' e amigos do circo dão último adeus a Domingos Montagner

Publicado: Atualizado:
CAMILA PITANGA
Abatida, Camila Pitanga deixa local onde o corpo de Domingos Montagner foi velado | Thiago Duran/AgNews
Imprimir

A despedida do ator Domingos Montagner, morto após se afogar na última quinta-feira (15) no rio São Francisco onde gravava a novela Velho Chico, foi marcada por forte emoção. O artista, que interpretava o protagonista Santo, foi enterrado na manhã deste sábado (17), na zona leste de São Paulo.

Descrito por todos como um homem gentil e generoso, Montagner deixa além da mulher, Luciana Lima, e dos três filhos, muitos amigos e colegas de profissão do teatro, da TV e do circo.

O elenco de Velho Chico em peso esteve presente na cerimônia de despedida. Entre eles, Dira Paes, Marcos Palmeira, Antonio Fagundes, Marcelo Serrado e Camila Pitanga, que estava muito abalada. A atriz estava com Montagner no momento da tragédia. Contou a polícia que segurou por duas vezes a mão do ator, que acabou sendo levado pela correnteza do rio.

Pitanga foi amparada pelo namorado, Igor Angelkorte, que chegou a ir até Sergipe para apoiá-la. Ela deixou o local por volta das 10h20, sem falar com a imprensa.

De acordo com a atriz Selma Egrei, que interpreta Encarnação em Velho Chico, o elenco da novela cantou músicas indígenas e fez orações ao ator. As canções foram ensinadas pelos índios que participaram da novela, e que fizeram, na sexta-feira, uma homenagem a Montagner.

"Ele se tornou um ser de luz, porque a água não tira vida e sim dá a vida. Fiquem felizes pela alma dele, pois quando ele entrou no rio, se despediu do corpo e alma. Nasceu em um mundo melhor. Algum dia, os brancos vão entender isso. Ele está bem e, agora, é um protetor do Rio São Francisco", disse um deles durante o ritual.

Além dos atores globais, amigos do teatro e do circo, onde Montagner começou sua carreira, também participaram da despedida, que contou com músicas e aplausos. "O espetáculo da vida tem que continuar", disse à GloboNews Francisco Montagner, irmão do ator.

Na última quinta-feira, o Brasil torceu para que ficção se tornasse realidade. Na novela, Santo sofreu um atentado, foi levado pelo rio São Francisco, mas foi salvo por índios da região. Na vida real, o corpo de Montagner foi localizado no fundo do rio, no final daquela quinta-feira, a 18 metros de profundidade e a 320 metros da margem da prainha de Canindé de São Francisco.

LEIA MAIS:

- É de sonho e de pó a vida de todos nós

- 'Ele agora é um protetor': A emocionante homenagem dos índios a Domingos Montagner

- O dia que o Velho Chico quis fazer novela

- 5 vídeos para lembrar Domingos Montagner pelo riso, circo e teatro

Também no HuffPost Brasil

Close
O adeus a Domingos Montagner
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção