Huffpost Brazil
Marcella Fernandes Headshot

Alckmin é denunciado na ONU por violência policial contra manifestantes do 'fora Temer'

Publicado: Atualizado:
GERALDO ALCKMIN
Brazil's presidential candidate Geraldo Alckmin, of the Social Democratic Party (PSDB), speaks during a meeting with journalists at the Agencia Estado news agency in Sao Paulo, Brazil, on Thursday, Oct. 26, 2006. Alckmin will face a run-off with Brazil's President Luiz Inacio Lula da Silva on Oct. 29. (AP Photo/Andre Penner) | ASSOCIATED PRESS
Imprimir

A organização não governamental internacional Conectas Direitos Humanos denunciou o governador de São Paulo Geraldo Alckmin no Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas por conta da repressão policial contra manifestantes em atos de protesto ao governo de Michel Temer.

Na representação, a ONG cita vítimas da violência policial desde o início de setembro, entre elas a jovem Deborah Fabri, de 19 anos, que perdeu a visão do olho esquerdo por conta de um estilhaço de bomba em 31 de agosto.

Também é destacada a prisão ilegal de 26 pessoas, incluindo oito adolescentes, poucas horas antes do protesto realizado do dia 4 de setembro e “o crescente processo de criminalização do direito de protesto no Brasil”

Nessa operação também esteve envolvido um agente infiltrado do exército. “Essa prática remete às épocas mais obscuras da história da nossa região. A sociedade e a comunidade internacional devem reagir condenando o fato com veemência”, escreveu a Conectas.

A Conectas pediu um pronunciamento do Conselho e do Alto Comissariado para Direitos Humanos contra a postura do Brasil.

O governo brasileiro solicitou direito de resposta e afirmou que os incidentes estão sendo investigados. Declarou, ainda, que o país defende o Estado Democrático de Direito e reconhece o direito de reunião pacífica e a liberdade de expressão.

A denúncia contra o Brasil foi feita a poucas semanas da votação na ONU para escolher os novos membros do Conselho de Direitos Humanos, onde o Brasil faz campanha do governo conquistar um lugar.

LEIA TAMBÉM

- Suplicy questiona Geraldo Alckmin sobre ação da PM nos protestos

- Que Polícia Militar é essa que lança bombas contra civis e quem está de crachá?

- Justiça decide: Fotógrafo que perdeu visão por bala de borracha da PM em 2013 é culpado

Também no HuffPost Brasil:

Close
Manifestantes contra Temer voltam às ruas
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção