Huffpost Brazil

'Espero que pessoas parem de tentar lucrar com isso', diz Jim Carrey sobre ser processado por 'facilitar' suicídio de ex-namorada

Publicado: Atualizado:
JIM CARREY
Jim Carrey chega ao Baile LACMA's 50th Anniversary Gala em Los Angeles County Museum em 2015 | Richard Shotwell/Invision/AP
Imprimir

O marido da ex-namorada de Jim Carrey entrou com um processo contra o ator nesta segunda-feira, acusando-o de fornecer ilegalmente a Cathriona White drogas controladas que resultaram em sua morte.

A ação civil protocolada pelo marido de Cathriona, Mark Burton, na Corte Superior de Los Angeles acusa Carrey, de 54 anos, de "usar a sua imensa riqueza e status de celebridade para obter ilegalmente e distribuir substâncias controladas altamente viciantes e, neste caso, mortais".

Cathriona, de 30 anos, uma maquiadora de origem irlandesa, foi encontrada morta em seu apartamento de Los Angeles, em setembro de 2015, em um aparente suicídio.

O site de notícias sobre celebridades TMZ afirmou à época que Carrey e Cathriona tinham um romance instável e que tinham terminado na semana anterior a morte dela. A ação de Burton informa que Cathriona estava "envolvida em uma relação sexual com Carrey" no momento de sua morte.

À revista People, Carrey se manifestou sobre o assunto. Em comunicado, ele disse que a situação é uma vergonha horrível e que poderia não dar importância a esta acusação, mas que "há momentos na vida que você precisa se levantar e defender sua honra contra este mundo terrível."

"Eu não vou tolerar essa tentativa insensível de me explorar ou de explorar a mulher que eu amei. Os problemas de Cat começaram antes de me conhecer e seu trágico fim estava fora de meu controle."

Carrey ainda diz que espera que um dia as pessoas parem de tentar culpá-lo. "Eu realmente espero que logo as pessoas parem de tentar lucrar com isso e deixe ela descansar em paz."

Carrey tinha anteriormente chamado Cathriona de "minha doce Cathriona" em uma declaração após a morte dela, acrescentando: "Ela era uma flor irlandesa verdadeiramente gentil e delicada, muito sensível para este solo."

Caso você — ou alguém que você conheça — precise de ajuda, ligue 141, para o CVV - Centro de Valorização da Vida, ou acesse o site. O atendimento é gratuito, sigiloso e não é preciso se identificar. O movimento Conte Comigo oferece informações para lidar com a depressão. No exterior, consulte o site da Associação Internacional para Prevenção do Suicídio para acessar uma base de dados com redes de apoio disponíveis. O HuffPost Brasil possui também uma série de reportagens sobre a prevenção do suicídio e a importância de se falar a respeito.

LEIA MAIS:

- Jim Carrey dá generosa gorjeta para garçonete em Nova York

Também no HuffPost Brasil

Close
Os 10 atores menos rentáveis de Hollywood
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção