Huffpost Brazil

'The O.C.': 5 coisas que você com certeza desconhece sobre a série

Publicado: Atualizado:
ELENCO THE O C
divulgação
Imprimir

O verão vai começar em breve. E quando pensamos em verão, pensamos em The O.C. Porque a história da série acontece na Califórnia, é claro.

O Huffington Post conversou com Chris Carmack - que fez o papel de Luke Ward - sobre o período em que ele atuou na série e o que se recorda da experiência “um pouco assustadora” de virar astro de uma hora para outra.

Veja a seguir cinco coisas que você talvez não saiba sobre The O.C..

1. Carmacksabia que sua frase infame viveria para sempre. Para toda a eternidade.


Bem-vindo ao O. C., vagabunda!

Carmack proferiu uma das falas mais icônicas da série – “bem-vinda ao O.C, vagabunda!” – no episódio piloto e ficou com a impressão de que ela o seguiria pelo resto de sua vida.

Ele não se lembra de quantas tomadas foram necessárias para que a cena saísse à perfeição, mas se lembra das filmagens.

“Me lembro do soco, de ‘bem-vinda ao O.C., vagabunda!’, de ajeitar a camiseta e ir embora”, ele disse ao HuffPost. “A frase era tão boa que eu intuí que ela poderia ficar na memória das pessoas.

Na realidade meu pai me mandou uma foto pelo celular no dia seguinte, dizendo ‘encontrei sua camiseta’. Era uma foto dele usando uma camiseta que dizia ‘Welcome to the O.C., bitch!’”.

2. O elenco ficava gelado durante aquelas filmagens noturnas na praia, porque não faz calor nenhum nas praias do sul da Califórnia à noite.

Apesar de Marissa Cooper (Mischa Barton) e Summer Roberts (Rachel Bilson) usarem shortinhos, saias e regatas na praia à noite, Carmack falou que na realidade todo o mundo tremia de frio durante aquelas filmagens de cenas de festas noturnas na praia.

“Acho divertidíssimo que Hollywood ainda queira perpetuar o mito de que faz calor nas praias do sul da Califórnia à noite”, disse Carmack.

“Mandavam todo mundo ficar de biquíni, shorts e camisas abertas na praia, e devia estar fazendo uns 7 graus. Todo o mundo estava morrendo de frio.”

E só para voltar a falar rapidamente daquela cena de “Bem - vindo ao O.C.”, Carmack diz que “era uma noite brutalmente gelada” no set.

3. Carmack e algumas pessoas da equipe técnica estavam numa banda de blues e ensaiavam no apartamento de Jimmy Cooper.

No período em que fez parte do elenco de The O.C., Carmack começou a tocar guitarra. Quando estava com tempo livre, tocava com alguns integrantes da equipe técnica da série.

“Na época em que eu estava aprendendo a tocar blues com a guitarra, eu e alguns dos técnicos tínhamos uma banda e tocávamos no apartamento de Jimmy na hora do almoço, porque Jimmy (Tate Donovan) e a mãe de Marissa Cooper (Melinda Clarke) tinham se separado, de modo que Jimmy tinha um apartamento. Batizamos a banda de Jimmy’s Apartment.”

Acredite se quiser, quando Carmack começou a tocar profissionalmente, ele procurou alguns daqueles mesmos técnicos das filmagens. “Mais tarde, toquei numa banda de blues em LA e procurei dois daqueles caras. Eles tocaram bateria e sax na minha banda de blues.”

4.Quando aceitaram atuar na série, Carmack e o resto do elenco não faziam ideia do que estava por vir.

Sim, The O.C. era sobre adolescentes crescendo no sul da Califórnia - para nós, parece uma receita de sucesso instantâneo! -, mas Carmack diz que não fazia ideia de que a série ganharia as dimensões que alcançou.

“Posso falar por mim mesmo, não pela outra moçada da série, e dizer que eu não fazia ideia do que estava acontecendo”, ele contou.

“Eu não fazia ideia do que era o trabalho, não fazia ideia de quando ia acabar, não fazia ideia de nada. Só sabia que tinha que ir trabalhar todo dia e tentar fazer o melhor possível com a formação de ator que eu tinha.”

Carmack se recorda de uma das primeiras vezes em que percebeu que The O.C. tinha virado um sucesso.

“Eu morava num barraquinho em Santa Monica e estava trabalhando no The O.C.. Quando a série começou a ir ao ar, continuei levando minha roupa para lavar na lavanderia, como sempre, e no trajeto de duas quadras entre minha casa e a lavanderia, um monte de gente me parava para pedir autógrafos”, declarou ao HuffPost.

“Foi a primeira vez que isso me acontecia e eu me assustei, então voltei para casa com minhas roupas ainda sujas. Não consegui fazer o que pretendia naquele dia, e ainda hoje estou me adaptando. Hoje eu lido muito melhor com isso, mas sinto falta de um certo anonimato na hora de conhecer pessoas novas.”

“Sou uma pessoa que valoriza o anonimato – não apenas por não querer que as pessoas me reconheçam ou por desejar minha privacidade. Eu valorizo o anonimato nas conversas”, disse Carmack, comentando como foi ter sido alçado à fama repentina após o lançamento de The O.C., em agosto de 2003.

“Aquele anonimato me foi tirado permanentemente. É uma coisa da qual sinto falta, e aconteceu da noite para o dia.”

5. Sentimos muito, mas os atores não necessariamente continuam em contato.


- Sabe o que eu gosto nos jovens ricos? Nada.

Ben McKenzie (Ryan Atwood) e Adam Brody (Seth Cohen) “continuam em contato”, segundo McKenzie, mas Chris Carmack disse ao HuffPost que nunca mais encontra ou tem notícias de ninguém do elenco.

Depois de seu personagem ter sido eliminado da série, em 2004, Carmack imaginou que continuaria a ver as outras pessoas do elenco, mas isso não aconteceu.

“Não continuei em contato com ninguém da série ou do elenco. Eu imaginava que continuaria a vê-los toda hora”, ele disse.

“Vim de uma cidade pequena do interior de Maryland e antes de fazer a série eu tinha vivido um ano e meio em LA, então eu já devia ter uma noção melhor de como são as coisas em LA e do tamanho da cidade, mas eu literalmente pensava que continuaria a ver o pessoal o tempo todo. Então meu personagem foi eliminado da série e nunca mais voltei a ver nenhum deles.”

Na realidade ele reviu um antigo colega de elenco algumas vezes.

“Topei com Ben McKenzie algumas vezes na rua em LA e a gente saiu uma vez. E só.”

Parece que as amizades na TV nem sempre se traduzem em amizades na vida real.

Quer ouvir mais Chris Carmack? Faça o download de sua canção nova, “BeingAlone”.

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.

LEIA MAIS:

- Sucesso nos anos 2000, série 'The O.C.' chega em outubro à Netflix

- Estes comentários sobre a atriz Mischa Barton é que são realmente um absurdo (FOTOS)

- Seth Cohen, o garoto judeu excêntrico e irreal

Também no HuffPost Brasil:

Close
11 filmes previstos para 2016 com protagonistas negros
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção