Huffpost Brazil

'Não importa se a propina alcance milhares ou milhões de reais', diz Moro sobre Lula

Publicado: Atualizado:
MORO LULA
Montagem / AGPT / CUT
Imprimir

Ao aceitar a denúncia de corrupção e lavagem de dinheiro contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba Sérgio Moro, escreveu que o valor que o petista teria desviado não é motivo para que o processo judicial não prossiga.

Na última quarta-feira (14), Lula foi denunciado pelo Ministério Público Federal por ter recebido R$ 3,7 milhões de propina da OAS. O repasse foi feito por meio de upgrade em imóveis, reforma e decoração de um tríplex, além do armazenamento de bens do ex-presidente pela empreiteira, no esquema investigado pela Operação Lava Jato.

"Embora aparentem ser, no presente caso, desproporcionais os valores das, segundo a denúncia, vantagens indevidas recebidas pelo ex-presidente com a magnitude do esquema criminoso que vitimou a Petrobras, esse é um argumento que, por si só, não justificaria a rejeição da denúncia, já que isso não descaracteriza o ilícito, não importando se a propina imputada alcance o montante de milhares, milhões ou dezenas de milhões de reais", escreveu Moro.

No despacho, o juiz afirma que Lula "seria beneficiário direto das vantagens concedidas pelo Grupo OAS e, segundo a denúncia, teria conhecimento de sua origem no esquema criminoso que vitimou a Petrobras".

Também destaca que os valores desviados "foram sucessivamente submetidos a complexos mecanismos de ocultação e dissimulação".

Na apresentação da denúncia, o petista foi identificado como “comandante máximo do esquema de corrupção” e "verdadeiro maestro dessa orquestra criminosa", de acordo com o procurador da República Deltan Dallagnol. Ele afirmou ainda que Lula instituiu a propinocracia: uma governabilidade corrompida por meio da distribuição de propina.

Lula nega as acusações e classifica a atuação do MPF como política, a fim de que fique fora da disputa eleitoral de 2018.

LEIA TAMBÉM

- Com Lula réu, DEM e PPS apoiam Moro; PT e PCdoB lamentam


- Réu pela 2ª vez: Moro aceita denúncia do Ministério Público Federal contra Lula

- 'Perdendo a referência': Ministros do STF criticam procuradores por denúncia contra Lula

Também no HuffPost Brasil:

Close
Lula é alvo da 24ª fase da Lava Jato
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção