Huffpost Brazil

Polícia prende casal suspeito de matar motorista da Uber em São Paulo

Publicado: Atualizado:
MOTORISTA UBER
Reprodução / Facebook
Imprimir

A Polícia de São Paulo prendeu Alessandro Rodrigo da Silva, 19 anos e Luana Pereira Maziero, 18 anos, por volta das 19h deste sábado (24), no bairro Ipiranga, zona sul da cidade, pelo latrocínio do motorista do Uber Osvaldo Luis Modolo Filho, 52 anos.

O motorista foi assaltado e assassinado enquanto fazia uma corrida para a Uber na noite de quinta-feira (22). Ele foi esfaqueado e levou dois tiros. Chegou a ser levado para o Hospital Geral de Heliópolis, mas acabou não resistindo aos ferimentos.

O passageiro utilizava o pagamento em dinheiro.

De acordo com a polícia civil, o casal jogou a vítima ferida na rua e fugiram, mas abandonou o carro metros à frente, a Rua Luis Liscio, bairro Sacomã. Os dois presos confessaram o crime e disseram que venderiam o veículo para um desmanche.

O casal foi encontrado depois de uma investigação da Delegacia de Heliópolis, graças a um rastreamento feito a partir do celular do motorista do Uber, que tinha dados da última corrida.

Ainda segundo a polícia civil, Rodrigo já tem passagem policial por roubo de carro.

Centenas de motoristas da Uber fizeram um protesto na Praça Charles Miller na sexta-feira (23), em frente ao Estádio do Pacaembu, em São Paulo, pedindo mais segurança.

LEIA TAMBÉM

- Motoristas da Uber fazem protesto por colega assassinado durante corrida em SP

- Haddad volta atrás e tira sigilo de dados da Uber e outras empresas de transporte

- ASSISTA: Uber lança serviço de carro sem motorista nos Estados Unidos

Also on HuffPost:

Close
Artista brinca com violência de pôsteres
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção