Huffpost Brazil

João Doria tem 6 condenações na Justiça do Trabalho por não pagar ex-seguranças

Publicado: Atualizado:
Imprimir

O candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo, João Doria, foi condenado pela Justiça do Trabalho a indenizar seis ex-seguranças pessoais e de sua família.
Todas as condenações já foram confirmadas em decisões de segunda instância.

Os trabalhadores foram contratados por regime terceirizado, pela empresa Provise, entre 2012 e 2013 e ganharam na Justiça o direito a horas extras, salários, adicional noturno e verbas recisórias que não foram pagas. As informações são do repórter Guilherme Balza, da Rádio CBN.

joao doria

Ainda de acordo com a reportagem, os profissionais fizeram um acordo com jornada de trabalho prevista para 12 horas, quatro dias por semana. Na Justiça, porém, eles afirmaram que chegavam a trabalhar 16 horas, que as folgas não eram respeitadas e que chegavam a trabalhar 30 dias sem descanso durante o período de férias de Doria, em Campos do Jordão.

Doria afirma que já pagou quatro dos seis seguranças, mas ainda de acordo com reportagem da CBN, cinco trabalhadores afirmam que não receberam.

O candidato defendeu-se dizendo que "já havia pago" as indenizações, mas que a empresa terceirizada contratada não repassou os pagamentos aos trabalhadores.

LEIA MAIS:

- Ibope: Doria, 28%, Russomanno, 22%, Marta, 16%, e Haddad, 13%

- João Doria defende Escola sem Partido: 'Não pode ter política na escola'

- Por abuso de poder, MP pede cassação de Doria e punição a Alckmin

- 'Doria diz que vai devolver área invadida: 'Estou agindo de forma correta'

Também no HuffPost Brasil

Close
Os livros prediletos de João Doria (PSDB)
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção