Huffpost Brazil

Temer chega de 'fininho', evita protesto e diz: 'Gesto democrático para nosso país'

Publicado: Atualizado:
Imprimir

temer

O presidente Michel Temer chegou à Pontifícia Universidade Católica (PUC), zona oeste da capital paulista, às 7h52. Com a possibilidade de protestos organizados por estudantes, o presidente entrou na universidade por uma porta lateral.

Acompanhado por seguranças e assessores, Temer votou sem tumultos e deixou a seção rapidamente, de acordo com informações da Globonews e do G1.

"Mais um gesto democrático para nosso país", afirmou aos jornalistas presentes na PUC.

Em fala rápida à imprensa, o presidente falou rapidamente com a imprensa, desejou a vitória da democracia e informou que voltará ainda hoje (2) para Brasília, segundo a Agência Brasil.

Também na PUC

No mesmo colégio eleitoral, votou o presidente do PT, Rui Falcão. Ele disse confiar num bom desempenho do candidato do partido à reeleição, o prefeito Fernando Haddad. “A expectativa é muito favorável, ele fez um grande governo, mudou a vida da cidade e as pesquisas indicam que nós estamos no segundo turno”, disse ele.

LEIA TAMBÉM:

- Governo Temer está há três meses sem pagar instituições de ensino do Fies

- 'Se ficar impopular, mas o Brasil crescer, me dou por satisfeito', diz Temer

- STF quer que Temer se explique sobre MP da reforma do Ensino Médio

- Reprovação de Temer em São Paulo é mais que o triplo de aprovação

Também no HuffPost Brasil

Close
Temer e líderes mundiais
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção