Huffpost Brazil

Eles tentaram! Os quase famosos que foram quase (!) eleitos pelo Brasil

Publicado: Atualizado:
FAMOSOS
Thammy Miranda e Dudu Nobre foram candidatos a verador | Reprodução/Facebook
Imprimir

De Tiririca, a Jean Wyllys e Romário, não são poucos os famosos que embarcam na política.

Nestas eleições não foi diferente. Thammy Miranda, Dudu Nobre, Agnaldo Timotéo e "Mulher Pera" foram alguns dos nomes que se arriscaram aos cargos público de vereadores.

Para o bem ou para o mal, não foi desta vez. Estes quase famosos foram quase eleitos pelo Brasil. Separamos alguns deles para você poder conhecer melhor:

Conde Chiquinho Scarpa

Não dá para entender uma cidade que se diz amar tanto coxinhas, mas não elege esse experiente representante. O socialite se candidatou a vereador pelo PRB em São Paulo e teve a incrível cota de 5.140 votos, mas não foi o suficiente para se eleger. Imagina como teria sido a sua festa de comemoração?

Marquito Do Ratinho

Marquito é o assistente de palco mais conhecido da televisão brasileira. Figura cativa do Programa do Ratinho, do SBT, ele tentou a reeleição em São Paulo pelo PTB e teve 5.114 votos, mas não conseguiu garantir a vaga. Ele literalmente foi para o meio das ruas conhecer seus eleitores e nada... Tudo bem, Marquito, você já tem nossos corações!

Thammy Miranda

O ator e filho da cantora Gretchen foi candidato a vereador pelo PP na cidade de São Paulo. Ele bem que tentou usar de toda a sua desenvoltura e recebeu 12.408 votos, mas não se elegeu.

Agnaldo Timóteo

Olhe bem esse sorriso e esse olhar. É possível resistir? O cantor já foi deputado federal e vereador pelo Rio e por São Paulo e chegou a passar mal nas últimas eleições, quando não foi eleito. Este ano ele tentou novamente e teve 4.821 votos, mas não se elegeu vereador pelo PMDB no Rio. Segura o coração, amigo!

Suelem Cury

Com um olhar que dispensa apresentações, Suelem Cury é conhecida como a "Mulher Pera", ou apenas "Pera" para os íntimos. A candidata do PT do B a vereadora em São Paulo teve apenas 294 votos e não se elegeu. Não é a primeira vez que ela tenta a empreitada; em 2012 e em 2014 ela já havia apostado, sem sucesso, em se tornar vereadora.

Ed Carlos

Ele é conhecido como “Reizinho da Jovem Guarda” e tentou garantir uma vaga como vereador em São Paulo pelo PRP. Com 756 votos, não foi eleito.

Tati Pink

A ex-BBB pernambucana Tati Pink se candidatou a vereadora pela terceira vez, mas assim como em 2008 e em 2012, foi derrotada em Recife. Candidata pelo PSC, ela bem que tentou garantir seus eleitores com a participação dos filhotes na campanha, mas neste ano ela teve 901 votos e não se elegeu.

Dudu Nobre

Dudu Nobre é um clássico. O cantor foi candidato a vereador pelo PT do B no Rio de Janeiro. Com os 1.625 votos obtidos, ele não se elegeu.

Theo Becker

Para ele não tem tempo ruim. Com apenas 421 votos, o ator não se elegeu vereador na cidade do Rio de Janeiro pelo PRB, mas não esconde a felicidade que foi a campanha.

MC Vesga

A photo posted by mc vesga (@mcvesga) on

Adriana Biacchi, a MC Vesga, se popularizou com o hit Ping Pong. A candidata do Partido Verde (PV) teve apenas 118 votos e não se elegeu para vereadora em Porto Alegre, mas com certeza merece um prêmio de melhor slogan destas eleições.

LEIA MAIS:

- Rede Sustentabilidade tem se estruturado sobre um vazio de posicionamentos políticos, diz ex-membros

- Vereadora com mais votos em Belo Horizonte é mulher, negra e feminista

- Feministas Sâmia Bomfim e Juliana Cardoso são eleitas vereadoras de São Paulo

Também no HuffPost Brasil

Close
Políticos vão às urnas
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção