Huffpost Brazil

Monica Iozzi diz que não houve ofensa e vai recorrer de decisão que a condena indenizar Gilmar Mendes

Publicado: Atualizado:
MONICA IOZZY
Montagem/Reprodução/Agência Brasil
Imprimir

A atriz e apresentadora Monica Iozzi irá recorrer da decisão da Justiça que a condenou a pagar uma indenização de R$ 30 mil ao ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) e presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral, Gilmar Mendes.

O ministro processou a atriz depois que ela criticou o hapeas corpus concedido ao médico Roger Abdelmassih, acusado de abusar sexualmente de pacientes. “Se um ministro do STF faz isso… nem sei o que esperar”, escreveu a atriz no Instagram. "Cúmplice?", questionou.

Se um ministro do Supremo Tribunal Federal faz isso... Nem sei o que esperar...

A photo posted by Monica Iozzi (@monica.iozzi) on

O ministro entrou com ação contra Monica alegando que ofendeu sua honra e imagem. O juiz do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) concordou com Mendes e afirmou que houve "abuso do direito à manifestação" e que a decisão tem caráter pedagógico.

Na última segunda-feira (3), a assessoria de imprensa de Iozzi afirmou que ela vai recorrer da decisão pois não houve ofensa ao ministro, "mas sim a expressão de uma opinião sobre um fato público a respeito do julgamento de um médico que chocou o país."

A nota da assessoria da atriz foi publicada em seu perfil nas redes sociais:

"Os advogados de Monica Iozzi irão recorrer da decisão. Vale ressaltar que a atriz reafirma que não houve qualquer tipo de ofensa ao ministro, mas sim a expressão de uma opinião sobre um fato público a respeito do julgamento de um médico que chocou o país. Médico acusado e condenado por ter abusado sexualmente de dezenas de suas pacientes."

Comoção de globais

Colegas da TV Globo, como Patricia Pillar , Marcius Melhem, Bruno Mazzeo e Débora Nascimento, mostraram apoio à atriz.

LEIA MAIS:

- Condenada, Monica Iozzi terá que pagar indenização a Gilmar Mendes por 'abuso do direito de se manifestar'

- Monica Iozzi desabafa sobre intolerância política: 'Chega de discurso surdo que ninguém ouve ninguém e só se odeia'

Também no HuffPost Brasil

Close
Eleições municipais 2016
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção