Huffpost Brazil
Marcella Fernandes Headshot

Marcela Temer diz que carinho desde a gravidez é determinante para aprendizagem

Publicado: Atualizado:
MARCELA TEMER
Carolina Antunes / PR
Imprimir

Em cerimônia de lançamento do programa Criança Feliz, a primeira-dama, Marcela Temer afirmou que o afeto é essencial para o desenvolvimento escolar.

"Nos primeiros anos de vida que nossos filhos percebem que são amados e aprender a amar. Esse sentimento os guiará por toda vida. Cada vez que beijamos nossos filhos pequenos, que conversamos com eles, cada vez que os carregamos nos braços, que lemos uma história ou cantamos uma canção de ninar, estamos ajudando em seu desenvolvimento", afirmou em cerimônia no Palácio do Planalto.

De acordo com ela, "cercada de carinho e cuidados específicos desde a gravidez, uma criança terá mais possibilidade de aprendizado quando chegar a escola". Marcela destacou que essa sensação que as mães têm "instintivamente" tem sido comprovadas pela ciência e que tais cuidados evitam adolescentes agressivos.

Madrinha do programa, a primeira-dama afirmou que seu "trabalho será voluntário para sensibilizar e mobilizar setores da sociedade em torno de ações que possam garantir melhoria de vida para as pessoas". "Quem ajuda os outros muda histórias de vida, por isso fico feliz em colaborar com causas sociais no nosso país", completou.

O Criança Feliz foi desenvolvido pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) para fortalecer as políticas públicas para a primeira infância.

O programa irá atender com áreas como ações de saúde e assistência social crianças de zero a três anos de famílias cadastradas no Bolsa Família. Serão contempladas 4 milhões de crianças, segundo o MDSA.

Ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra afirmou que "esse programa vem para completar o Bolsa Família, auxiliar no desenvolvimento das crianças (...) para romper o ciclo intergeracional da pobreza".

De acordo com o presidente Michel Temer, "a presença da Marcela visa incentivar as mulheres do país". Ele afirmou que ela irá convidar as primeiras-damas e prefeitas para reuniões em Brasília "para que (o Criança Feliz) não fique apenas como um programada da União, mas seja da Federação, dos estados". O presidente não citou a participação de homens no programa.

Desde que assumiu a Presidência da República interinamente, Temer afirmou que a esposa teria um cargo "na área social". Ela é advogada, mas não tem registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Em setembro, o presidente disse que Marcela atuaria no programa porque "é mãe e tem todos os predicados para ajudar nesta área”.

LEIA TAMBÉM

- Mães da escola de Michelzinho reclamam de esquema de segurança

- Temer reclama de protestos em frente a sua casa: 'Assustam minha mulher e meu filho, eles choram'

Também no HuffPost Brasil:

Close
Marcela Temer
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção