Huffpost Brazil

Ava DuVernay, diretora de 'Selma', sobre Hollywood: 'É um patriarcado, liderado e construído para homens'

Publicado: Atualizado:
AVA DUVERNAY
DuVernay no tapete vermelho do New York Film Festival, em 30 de setembro | Charles Sykes/Invision/AP
Imprimir

Em entrevista à Glamour, a cineasta Ava DuVernay, 44, falou sobre Queen Sugar, série de TV que ela criou com Oprah Winfrey para o canal OWN e tem sido exibida desde setembro.

Mas como Ava DuVernay é Ava DuVernay, é claro que ela nos brindou com aquelas opiniões fortes e inspiradoras sobre feminismo e representatividade de minorias.

A diretora indicada ao Globo de Ouro por Selma (2014) comentou sobre como foi difícil para ela, enquanto mulher, construir seu espaço em Hollywood.

"[A indústria] é um patriarcado, liderado e construído para homens, para fingir que Hollywood é qualquer coisa menos dissimulada", disse.

"[A campanha] #OscarsSoWhite está na moda, mas para cineastas mulheres e negros, não é moda. É nossa realidade e é importante que façamos algo para mudar isso. Nós temos que encontrar novos meios para trabalhar sem permissão, novos meios para percorremos nossos caminhos e passar por portas que são fechadas para nós, para criarmos nossas próprias audiências e nosso material independentemente."

DuVernay também disse que, sua mãe, Darlene Maye, lhe serviu de fonte para ter força e autoconfiança.

"Minha mãe sempre me disse que eu podia [fazer o que quisesse]. Desde muito cedo, eu me sentia confortável liderando. Eu nunca tive qualquer problemas em falar porque minha mãe, minha família, minha avó, minha tia – eu cresci em uma família dominada por mulheres – sempre me encorajaram a fazer isso. E se a garota não tem medo, então o mundo é a concha dela."

Boa, Ava! <3

LEIA MAIS:

- Sonia Braga apoia 'Fora Temer' em sessão de estreia de 'Aquarius' em NY

- A história de 'Audrie & Daisy' e porque precisamos falar sobre violência contra a mulher

- Natalie Portman brilha como Jacqueline Kennedy em trailer de 'Jackie'

Também no HuffPost Brasil:

Close
9 mulheres fundamentais para o cinema brasileiro
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção