Huffpost Brazil

Delação da Odebrecht deve gerar 100 novos inquéritos e pode desacelerar

Publicado: Atualizado:
MARCELO ODEBRECHT
Cícero Rodrigues / World Economic Forum
Imprimir

A força tarefa da Operação Lava Jato estima que a delação premiada da Odebrecht deve originar mais de cem inquéritos que serão distribuídos para diferentes estados. Advogados da empreiteira negociam o acordo há mais de dois meses.

De acordo com a Folha de São Paulo, com a pulverização das investigações, a força-tarefa em Curitiba, comandada pelo juiz Sérgio Moro, teme uma limitação à transparência dos casos e que o ritmo dos trabalhos desacelere e resulte em prescrição de crimes.

Fora de Curitiba não há como garantir que os processos corram sem sigilo. No Paraná, um sistema (e-proc) dá acesso online aos autos, mas os Estados que receberão os futuros inquéritos usam plataformas mais restritas, o que dará menos publicidade às novas investigações.

Empresários da Odebrecht citaram mais de cem deputados, senadores e ministros e políticos de outros cargos eletivos como beneficiários diretos de esquemas de corrupção.

Ao menos dez governadores e ex-governadores foram beneficiados, incluindo Geraldo Alckmin (PSDB), Fernando Pimentel (PT) e Luiz Fernando Pezão (PMDB).

De acordo com reportagem do jornalista Fernando Rodrigues de março deste ano, do UOL, mais de 200 políticos de 18 partidos constam em uma planilha apreendida com o presidente da Odebrecht Infraestrutura, Benedicto Barbosa Silva Júnior, o ‘BJ’, na 23ª fase da Lava Jato, intitulada Acarajé que também teve como alvo o marqueteiro do PT, João Santana.

As planilhas citam pagamentos que teriam sido feitos a nomes como José Sarney (PMDB), Aécio Neves (PSDB-MG), Renan Calheiros (PMDB-AL), Romero Jucá (PMDB-RR), Eduardo Cunha (PMDB), Humberto Costa (PT-PE) e Eduardo Campos (PSB), morto em 2014, entre outros.

LEIA TAMBÉM

- Serra e Alckmin são alvos de futura delação de empreiteiros na Lava Jato

- STF mantém prisão após condenação em segunda instância

- Lava Jato: Governo FHC vira alvo de inquérito da Polícia Federal

Também no HuffPost Brasil:

Close
Entenda a Operação Lava Jato
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção