Huffpost Brazil

Em Salvador, duas pessoas denunciam ser vítimas de ataque de 'maníaco da seringa'

Publicado: Atualizado:
DRUGS HIV
Nenov via Getty Images
Imprimir

Em Salvador (BA), duas pessoas foram atendidas no Hospital Couto Maia, especializado em doenças infectocontagiosas, após serem atacadas por um homem não identificado, apelidado de "maníaco da seringa".

De acordo com a Secretaria da Saúde da Bahia, os atendimentos ocorreram nas últimas duas semanas e as vítimas receberam tratamento de profilaxia para aids e hepatite B, conforme informado ao Correio da Bahia.

"Até agora somente duas pessoas foram medicadas e terão que fazer o tratamento até seis meses depois do incidente”, declarou Ceuci Xavier Nunes, diretora do Couto Maia, em entrevista ao jornal.

O que era conhecido como lenda urbana ou correntes divulgadas no WhatsApp se tornou realidade para um ex-militar que caminhava na Avenida Joana Angélica, no centro da capital baiana.

Ele foi atingido pela seringa quando cruzou com o "maníaco" na calçada e logo sentiu uma fisgada no braço.

Casos como esse têm sido repetidos no Brasil, principalmente em São Paulo.

Na capital paulista, o suspeito de ataques na Avenida Paulista e próximo a estações de metrô foi preso. Ele foi identificado como um morador de rua com transtorno mental.

LEIA MAIS:

- Polícia prende suspeito de ser 'maníaco da seringa'

- Médica atacada com agulha na Avenida Paulista terá que fazer exames por um ano

Também no HuffPost Brasil

Close
Doença rara não conseguiu parar esta mulher de criar arte
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção