Huffpost Brazil

Betty Faria: 'Eu gosto de maconha, acho que não tem efeito nenhum'

Publicado: Atualizado:
BETTY FARIA
Betty Faria no Programa com Bial | Reprodução/GNT
Imprimir

A atriz carioca Elisabeth Maria Silva de Faria, mais conhecida como Betty Faria, revelou sofrer de artrite reumatoide, uma doença autoimune. Em entrevista ao Programa do Bial, da GNT, a atriz diz que se apoiou no budismo para lidar e aceitar a doença.

"O budismo tem uma coisa assim: dos quatro sofrimentos da vida ninguém escapa. Nascimento, doença, velhice e morte", disse a atriz ao Pedro Bial no programa que foi ao ar na noite de ontem (16). "Então, eu tenho uma doença que não tem cura, que é artrite reumatoide, autoimune. Mas que sacanagem o corpo fez. Se é autoimune, o corpo fez. Se o corpo fez, como é que não desfaz? Ainda não descobriram."

Aos 75 anos, a atriz também revelou que é usuária de maconha e que não acredita que a erva tenha afetado sua memória. "Eu gosto de maconha, acho que não tem efeito nenhum. É uma mentira dizer que mexe com memória, porque eu fumei muita maconha e nunca tive problema de memória", disse.

Em outra parte da entrevista, a atriz se emocionou ao comentar sobre José Wilker, que morreu em abril de 2014. "Ai, não me faz chorar", disse a atriz, ao assistir parte do filme "Bye Bye Brasil", em que contracenou com Wilker.

"Eu pensei hoje tomando banho sobre os amigos que perdi nos dois últimos anos. E a morte é uma porrada no ego, né? (...) Nós atores, com tanto ego, tanta vaidade, foi... Nos dois últimos dois anos eu perdi meus melhores amigos. Ninguém mais fala do Wilker. E Claudio Mazzo, avô da minha neta querida mais velha, meu amigo de vida toda? E Hugo Carvana? E Roberto Talma? As pessoas não falam mais."

LEIA MAIS:

- 'Nunca fui tão ofendida', diz Rita Cadillac após abandonar programa de Porchat

- LACROU! Anitta dá show de interpretação em dueto com Andrea Bocelli

Também no HuffPost Brasil

Close
Os 10 atores menos rentáveis de Hollywood
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção