Huffpost Brazil

Em vídeo da CUT, artistas questionam a PEC 241: 'Será que o governo está cortando no lugar certo?'

Publicado: Atualizado:
Imprimir

Artistas como a cantora Beth Carvalho e atores como Wagner Moura, Tonico Pereira e Omar Prado questionam se a PEC 241 que limita dos gastos do governo por 20 anos é mesmo a melhor saída para a crise.

Em um vídeo elaborado pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), eles afirmam que a medida significa menos escolas, menos hospitais e um País sem democracia. “É esse o Brasil que você quer?”, perguntam.

No entendimentos dos artistas, a PEC é inconstitucional e vai fazer com que o País deixe de investir mais de R$ 600 bilhões em saúde.

“Será que o governo está cortando gastos em lugar certo? Cortar na carne, carne de quem, senhor Michel Temer? (…) Será que essa é a melhor forma de resolver o problema?”

Na gravação, os atores sugerem que o governo corte as benesses dos parlamentares, taxe as grandes fortunas e heranças.

“Esse dinheiro pode e deve sair de outro lugar. Nós brasileiros não podemos aceitar. Não fique parado, reaja. Vamos pressionar os parlamentares, nós votamos neles."

PEC 241

A PEC 241 foi aprovada em primeiro turno no último dia 10. A expectativa é que ela seja votada em segundo turno até o início de novembro.

A proposta limita os gastos públicos por dez anos. Neste período, o governo só poderá gastar o mesmo valor do ano passado somado à inflação.

A principal crítica é que a medida corta investimentos de áreas sensíveis como saúde e educação. Os gastos nessas áreas vão se manter em 2017 seguindo as aplicações mínimas previstas na Constituição. A partir de 2018 passa a ser corrigido pela inflação.

Por outro lado, os defensores da PEC argumentam que ela é uma sinalização ao mercado de que o governo está comprometido em colocar as contas públicas no azul.

LEIA TAMBÉM:

- Este estudante do ensino fundamental faz um apelo para a Câmara repensar a PEC 241

- 'A PEC 241 não é a única solução para as finanças do País'

- 'Medidas como a PEC 241 já deram certo em outros países'

Mais no HuffPost Brasil:

Close
10 séries de TV para quem gosta de política
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção