Huffpost Brazil

Em primeira entrevista após internação, cantor e compositor Gilberto Gil fala de saúde e política (VÍDEO)

Publicado: Atualizado:
Imprimir

O cantor e compositor Gilberto Gil tem um jeito todo especial de lidar com a vida. "Todo mundo pode ser acesso a essa dimensão mais tranquila da existência", disse em primeira entrevista após sucessivas internações ao site Coração & Vida, especializado em conteúdos de saúde e comportamento (assista acima).

A entrevista foi publicada no último sábado (22) e mostra um Gilberto Gil abatido pelo tratamento renal e cardíaco a que foi submetido nos últimos meses. O cantor falou sobre seu estado de saúde, sobre política e explicou por que fez uma música para sua médica, a cardiologisa Roberta Saretta.

A relação tranquila com a existência

"Não sei. Todo mundo pode ser acesso a essa dimensão mais tranquila da existência. Ou seja, com essa capacidade de aceitação, das coisas do destino e tudo. E algumas mais do que outras. Eu talvez seja um pouco mais suscetível a esse tipo de acomodação com a coisa da vida. É uma tendência que vem desde cedo, desde criança, e se intensificou com o tempo, com a coisa de eu passar a me interessar por religiões, filosofias, coisas assim. A busca do conhecimento. A busca do conhecimento foi me dando também essa necessidade de intensificar essa relação cordial com a existência, eu tenho muita cordialidade nesse sentido, da minha vida com o resto da vida."

'Pedacinhos do meu coração'

Sobre a música feita a sua médica, Gil explicou que a canção surgiu "desse carinho que eu tenho por ela, pela equipe, por todos que estão cuidando de mim aqui". Flora Gil, na semana passada, publicou um vídeo em seu Instagram em que Gil aparece dando uma palhinha:

Inspiração depois de tanto hospital 😷 #obrigadatodososmedicos

A video posted by Flora Gil (@floragil_) on


Ele explica:

"Como ela é a mais próxima e mais – como é que eu diria? – exigente no sentido da percepção, da diagnose, da recomendação médica, do acompanhamento (...). Mas, na verdade, o que desencadeou a canção foi o fato de ela ter realmente solicitado que fossem extraídos quatro pedacinhos do meu coração, para uma biópsia. Achei que aquilo era muito poético, num certo sentido. E aí resolvi fazer um poeminha. E, já que sou compositor, fiz uma musiquinha também."

O cantor Gilberto Gil, de 73 anos, foi internado novamente nesta sexta-feira (21). Não há previsão de alta. O artista está fazendo um tratamento para insuficiência renal no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, e todos os meses será internado para procedimentos e exames.

LEIA MAIS:

- Demorou 41 anos para que esta música de Gilberto Gil derrotasse a censura

- A coisa mais fofa de hoje é a foto de Nino junto com Gilberto Gil ❤

VEJA MAIS NO HUFFPOST BRASIL:

Close
22 filmes que contam a história de astros da música
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção