Huffpost Brazil

#MulherMaravilhaReal: Heroína dos quadrinhos é a mais nova figura pelo empoderamento da ONU

Publicado: Atualizado:
WONDER WOMAN
Reprodução
Imprimir

Você já imaginou quantas maravilhas é capaz de fazer?

A Mulher Maravilha foi nomeada Embaixadora Honorária para o Empoderamento das Mulheres e Meninas pelas Nações Unidas e vai ajudar a dar visibilidade à luta para alcançar a igualdade de gênero.

A campanha faz parte do 5º Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU e foi anunciada pela sub-secretária-geral de Comunicações e Informação Pública da ONU, Cristina Gallach, em cerimônia realizada na última sexta-feira (21), em Nova Iorque.

“Embora tenhamos alcançado progressos na igualdade de gênero em diversas partes do mundo, mulheres e meninas continuam a sofrer discriminação e violência. A igualdade de gênero é um direito humano primordial e fundamental para um mundo mais pacífico, próspero e sustentável”, argumentou Cristina Gallach.

As atrizes Lynda Carter e Gal Gadot também estavam presentes no evento. Lynda foi a primeira atriz a dar vida à personagem nos anos 70 e Gal é a protagonista da mais recente releitura da DC, que estreia em 1º de junho de 2017.

Para além da imagem de empoderamento e força que a heroína carrega, faz parte da campanha da Organização falar contra a discriminação e limitações das mulheres e meninas; denunciar violência e abuso de gênero; apoiar a igualdade de oportunidades para mulheres e meninas em liderança em todos os aspectos da vida, incluindo o local de trabalho e assegurar que todas as mulheres e meninas tenham acesso à educação de qualidade.

Ainda, foi criada a hastag #RealLifeWonderWoman (#MulherMaravilhaReal) para compartilhar exemplos reais de mulheres e meninas que estão fazendo a diferença todos os dias.

wonder woman

O lançamento da campanha se deu no 75º aniversário da primeira aparição da heroína em um gibi, em 1941.

Como parte do acordo que deu o título honroso para a heroína, a DC Comics se comprometeu a fazer uso de suas plataformas para também divulgar questões relativas aos direitos das mulheres.

A ONU, em parceria com a DC Entertainment e a Warner Bros.Consumer Products, também vai produzir um livro em quadrinhos sobre o empoderamento das mulheres e meninas que será traduzido nas seis línguas oficiais da Organização: árabe, chinês, inglês, francês, russo e espanhol.

LEIA MAIS:

- Atriz Camila Pitanga é nomeada Embaixadora Nacional da Boa Vontade da ONU Mulheres

- Eleições: ONU Mulheres e TSE lançam plataforma digital para igualdade de gênero

- Dez anos após Lei Maria da Penha, Brasil ainda tem mais de dez mulheres mortas por dia

Também no HuffPost Brasil

Close
Frases inspiradoras de famosas sobre o feminismo
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção