Huffpost Brazil

Melo diz que voto nulo é 'prejudicial' e Marchezan pede que eleitor 'não nacionalize eleição'em Porto Alegre

Publicado: Atualizado:
PORTO ALEGRE
Reprodução
Imprimir

Os candidatos à prefeito de Porto Alegre votaram no fim da manhã na capital gaúcha. Nelson Marchezan Junior, do PSDB, favorito pelas pesquisas para vencer a eleição, votou em uma escola no bairro Menino Deus. Já o candidato da situação e atual vice-prefeito da cidade, Sebastião Melo, registrou seu volto por volta das 12h30, no Colégio Leonardo Da Vinci, Zona Sul de Porto Alegre.

Após votar, Marchezan conversou com a imprensa e evitou nacionalizar o confronto com Melo, do PMDB. Ambos os partidos disputam a prefeitura de outras capitais neste segundo turno. "O debate aqui foi muito mais das expectativas da cidade, da mudança, da situação real de Porto Alegre e do que almeja para o futuro do que o debate entre partidos e ideologias", afirmou.

marchezan

A Polícia Federal acompanhou a votação do candidato. Segundo os agentes, a superintendência da PF em Porto Alegre determinou que equipes circulassem pelos locais de votação dele e de Melo. A presença da PF atende ao pedido da Justiça Eleitoral que reuniu representantes das campanhas e imprensa para evitar tumultos como o ocorrido durante a votação da ex-presidente Dilma Rousseff no primeiro turno, quando um juiz proibiu a presença de jornalistas e provocou confusão.

Após o voto, Sebastião Melo fez um apelo aos eleitores que estão com tendência de anular o voto. O voto nulo ganhou força na eleição da capital gaúcha porque Melo e Marchezan faziam parte do mesmo governo, até outubro de 2015. "São duas candidaturas diferentes, se não fosse eu entenderia. O voto nulo pode ser muito prejudicial para o futuro da cidade", comentou Melo.

melo

Na última pesquisa Ibope, o candidato Nelson Marchezan continuava liderando as intenções de voto, com 56% dos votos válidos. Já Melo soma 44% dos votos válidos. Entre 8h e 17h, 1.098.515 eleitores porto-alegrenses estão aptos a escolher o novo prefeito da capital.

Também no HuffPost Brasil

Close
Crivella ou Freixo? O segundo turno das Eleições 2016 no Rio
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção