Huffpost Brazil

Vencedor no Ceará, Ciro Gomes sai fortalecido como presidenciável para 2018

Publicado: Atualizado:
Imprimir

ciro roberto claudio

Marcelo Freixo (PSOL), no Rio de Janeiro, e Fernando Haddad (PT), em São Paulo, ficaram pelo caminho. Num cenário de drástica redução de representação de partidos e políticos tradicionalmente associados com a esquerda, o ex-ministro Ciro Gomes (PDT), possível candidato a presidente em 2018, saiu fortalecido.

Roberto Cláudio, candidato apoiado por Ciro e Cid Gomes, saiu-se vencedor em Fortaleza. O candidato teve 53,57% dos votos válidos frente 46,43% de seu adversário, Capitão Wagner.

Segundo informações do G1, Cláudio não confirmou uma reaproximação com o Partido dos Trabalhadores (PT), que teve Luizianne Lins como candidata, mas acabou não indo para o segundo turno.

"O que eu posso dizer é que tenho o apoio do governador Camilo Santana [o PT] e temos uma coalizão muito grande, que tem nos ajudado a governar durante esse tempo todo. Eu sou um congressista e, por isso, acredito muito no diálogo", afirmou.

Em Sobral, reduto da família Gomes, Ivo Gomes, irmão de Ciro, foi eleito prefeito ainda no primeiro turno, com 51,44% dos votos.

Em fala à Folha de S. Paulo, enquanto acompanhava o candidato o agora prefeito reeleição Roberto Claudio, Ciro classificou como "retrocesso" o momento político no país.

"Veja São Paulo, Rio e Belo Horizonte, independentemente dos resultados. Em São Paulo teve a vitória de um playboy completamente descompromissado [João Doria]. O escândalo [investigações da Lava Jato] acabou com a confiança no sistema", disse.

"Uma inimaginável derrota aqui tiraria muito do estímulo para seguir na luta, pois, se o melhor prefeito da história da cidade perde para um samango desqualificado, a gente perde a esperança", afirmou ao Uol.

A vitória de Ciro - e a flagrante queda do PT nas urnas - pode reforçar a ideia de uma campanha presidencial do ex-governador cearense em 2018. Coisa que, segundo ele mesmo, vai precisar ser repensada "cem vezes".

LEIA TAMBÉM:

- Ex-ministro de Dilma e Lula quer PT humilde em 2018: 'Hora de cair na real'

- Ciro Gomes: 'Esse governo (Temer) é um misto de incompetência com bandidagem'

- Ciro Gomes propõe ESCONDER Lula em caso de pedido de prisão 'abusivo'

- 'Conspirador FDP': Ciro Gomes xinga Temer em palestra em universidade

Também no HuffPost Brasil

Close
2º turno: Candidatos a prefeito nas capitais
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção