Huffpost Brazil

Parabéns, Emily Lima! Pela primeira vez, a Seleção Feminina vai ser comandada por uma mulher

Publicado: Atualizado:
EMILY
Emily Lima é a nova técnica da Seleção Brasileira Feminina | Lucas Figueiredo / CBF
Imprimir

Em uma profissão dominada por homens, Emily Lima conseguiu quebrar a tendência na beira dos gramados e é a nova treinadora da Seleção Brasileira Feminina de Futebol.

Pela primeira vez, o time vai ter uma mulher no comando. A técnica substitui Osvaldo Alvarez (Vadão), conforme informado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) na tarde desta terça-feira (1ª).

Até a semana passada Emily era a responsável pela equipe do São José, time paulista com o qual chegou à final da Copa do Brasil de Futebol Feminino. Nunca antes um time comandado por uma treinadora havia vencido o torneio, que existe desde 2007.

"Uma mulher dirigir um time soa como algo estranho, mas a tendência é que esta situação mude. Acredito que a Fifa vai exigir isso e a CBF terá que mudar. Nosso país é preconceituoso em relação a mulher em qualquer área", afirmou Emily em entrevista à Folha de São Paulo.

Dito e feito. O primeiro compromisso dela no comando da seleção nacional será o Torneio Internacional de Manaus, em dezembro. Antes de assumir o posto, ela treinou as seleções brasileiras sub-15 e sub-17 em 2013.

emily

Jogadora de futebol por 15 anos e técnica há 5, Emily tem experiência dentro das quatro linhas de ação e com o trabalho na preparação das atletas de base.

Como atleta, ela começou em 1994, no Saad. Depois jogou em times de São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. Três anos depois ela já estava na Seleção Brasileira Sub-17 e, em 2004, participou do grupo convocado para a equipe principal durante a preparação para a Olimpíada de Atenas, na Grécia. Em 2001, a técnica foi para a Europa onde jogou por oito anos: sete na Espanha e um na Itália.

Há seis anos Emily encerrou a carreira no meio de campo e passou a se dedicar a formação de atletas, em comissões técnicas e supervisões.

LEIA MAIS:

- Libertadores e Copa Sul-Americana dão passo histórico na valorização do futebol feminino

- Quem vai levar? Copa do Brasil de Futebol Feminino chega às quartas de final

- Futebol feminino e Rafaela Silva: O esporte e a atleta mais comentados da Rio 2016

Também no HuffPost Brasil

Close
Marta, nosso orgulho no futebol brasileiro
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção