Huffpost Brazil

Corrente do bem ajuda menino autista a encontrar seu ursinho de pelúcia

Publicado: Atualizado:
Imprimir

teddy bear

Lucas tem dois anos e, assim como a maioria das crianças de sua idade, ele também tem um brinquedo favorito.

Mas o Bear, como ele chama seu ursinho de pelúcia, vai além de um companheiro inseparável: É também o seu brinquedo de segurança. Lucas é autista e desenvolveu um laço afetivo muito forte com o brinquedo.

“Ele não é só um urso de pelúcia. Para o Lucas, é muito mais. É o chamado safety toy, ou 'brinquedo de segurança'. O ursinho o acompanha todos os dias na escolinha. Eles dormem juntos. Lucas o alimenta e brinca com ele. Eu comprei o ursinho quando estava grávida em 2013. Então, o Bear é praticamente membro da família”, explica Jessica Hoffart, mãe do garoto, em seu Facebook.

Porém, o menino passou por situações difíceis quando perdeu o seu ursinho em um passeio com a mãe. Bear ficou desaparecido e Jessica revirou a casa inteira à procura do bichinho.

“Quando cheguei em casa, naquela noite percebi que ele não estava em lugar nenhum. Procurei por toda parte e percebi que realmente havíamos perdido o Bear. A noite de sábado para domingo foi bem difícil. Sair da rotina para um autista é muito difícil. O Lucas acordou de madrugada e não dormiu mais. No dia seguinte, refiz o percurso do dia anterior. Procurei no chão. Nas lixeiras. Nas sarjetas. Nada. E para complicar a minha vida, estamos no outono aqui no Canadá, e o que mais tem no chão são folhas marrons. Da mesma cor do urso. A noite de domingo para segunda foi difícil de novo. Pela manhã, Lucas que praticamente não fala, só me pedia pelo urso: 'Bear! Bear! Bear!'. Como se pedisse minha ajuda.”

Foi então que ela resolveu pedir ajuda a comunidade local. Em um impulso, a mãe criou uma campanha nas redes sociais que viralizou. A página Let's Find Teddy no Twitter e no Facebook fez com que as pessoas se engajassem na busca pelo brinquedo.

Dois dias depois, uma televisão local resolveu entrevistar mãe e filho sobre o ocorrido para chamar atenção para a busca. Foi ai que uma mulher interrompeu a gravação e devolveu o ursinho são e salvo.

“Foi muito emocionante. Eu fiquei muito muito feliz. A Sandra (nossa heroína sem capa) viu o bear na calçada e levou ele para casa. Quando ela viu a entrevista na TV ela percebeu que era o mesmo ursinho. Ela deu um banho nele e ligou para TV”.

urso

A corrente do bem não parou aí. Uma empresa doou para a família uma camiseta personalizada para o Bear e que possui informações de contato. Assim, o brinquedo nunca mais ficará desaparecido.

bear

"Eu sou grata pelas pessoas maravilhosas que nós nos conectamos. Lucas vai ter mais amigos para brincar depois desse ocorrido. Eu conheci outros pais de crianças no espectro autista e foi demais ouvir suas histórias e lutas. Eu mantive as energias positivas em todo o caminho. Eu sabia que o Bear ia encontrar um caminho de volta para casa", compartilhou Jessica.

LEIA MAIS:

- O carinho deste garoto autista pelo cão que acaba de conhecer é emocionante

- Uma menina perguntou por que minha filha com autismo era 'estranha'. Uma amiga dela deu a melhor resposta.

- Este pai fez um lindo desabafo ao descobrir a solidão de seu filho autista

Também no HuffPost Brasil

Close
Fotógrafo retrata universo do filho autista
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção