Huffpost Brazil

Com Sting, Bataclan vai reabrir um ano após atentados em Paris

Publicado: Atualizado:
BATACLAN
Benoit Tessier / Reuters
Imprimir

A casa de shows parisiense Bataclan reabrirá as portas ao público no próximo dia 12 de novembro, na véspera do aniversário de um ano do atentado terrorista cometido pelo grupo Estado Islâmico que matou 93 pessoas no local. Os proprietários do Bataclan anunciaram a data de reabertura da casa nesta sexta-feira (4) e informaram que o cantor Sting subirá ao palco.

Sting, que liderou a banda pop The Police antes de sair em carreira solo, anunciou a notícia, dizendo em seu site que o show pretende homenagear os mortos e o estabelecimento histórico, que está sendo reaberto após um ano de reforma.

"Ao fazê-lo, esperamos respeitar a memória, assim como o espírito de afirmação da vida, dos que pereceram. Não iremos esquecê-los".

Em seu Twitter, o cantor informou que a renda será revertida às associações "Life For Paris" e "13 Novembre: Fraternité et Liberté", instituições de caridade que cuidam das vítimas dos ataques de 13 de novembro de 2015.

O Bataclan foi um dos alvos da série de ataques simultâneos que ocorreram em Paris, organizados pelo Estado Islâmico e que provocaram a morte de 137 pessoas, incluindo sete jihadistas, em um dos episódios mais sangrentos da história da França. O grupo Eagles of Death Metal se apresentava no Bataclan quando os terroristas invadiram o local e dispararam contra o público.

A autoria dos ataques foi assumida pelo Estado Islâmico, que vem conclamando seus seguidores a atacarem a França, que está bombardeando bases do grupo no Iraque e na Síria.

(Com informações das agências de notícias)

LEIA TAMBÉM:

- Mulheres retomam vidas depois de dois anos sob o Estado Islâmico: ‘estamos livres'

- Hillary admite que ameaça de terrorismo nos Estados Unidos é real

- Sarkozy faz da proibição do burkini sua principal promessa de campanha

Também no HuffPost Brasil

Close
2015: Terrorismo
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção